Agridoce prepara show do Lollapalooza em clima de despedida e fala sobre novo álbum de Pitty

Estefani Medeiros
Do UOL, em São Paulo

  • Otavio Souza/Divulgação

    A dupla Agridoce, formada por Pitty e o guitarrista Martin

    A dupla Agridoce, formada por Pitty e o guitarrista Martin

Após um ano de sucesso com a turnê do projeto Agridoce, álbum homônimo lançado por Pitty e Martin em 2011, a dupla se prepara para deixar os palcos com o show no Lollapalooza, nesta sexta (29), às 14h15, no Palco Alternativo.

Em entrevista ao UOL, Martin disse que apesar da despedida, "o clima está ótimo". "Estamos num momento de super entrosamento como 'banda' e o fato de sabermos que a turnê está prestes a acabar deixa um ar de nostalgia antecipada que é muito legal. O último show dessa turnê é no Lolla e a partir daí só vamos fazer shows esporádicos", comentou o guitarrista.

Para o show no festival, Pitty promete um "show bastante sensorial e visual, um repertório mais direto e que a gente acha que combina com o clima da tarde de um festival". A vocalista não quis dar detalhes sobre o setlist, mas promete uma versão "de uma música que gostamos muito...", comentou preferindo deixar o ar de mistério. 

Martin completa dizendo que "não vai ser possível tocar tudo do álbum". "Nosso tempo de show é um pouco menor do que o que estamos acostumados, como sempre acontece em festivais, mas vai dar pra cobrir boa parte do disco e ainda arriscar algumas novidades."

O guitarrista também promete alguns recursos visuais durante a apresentação. "As projeções são uma parte muito importante do show do Agridoce e estamos tomando um cuidado todo especial com elas para esse show pois vamos tocar bem cedo e não vamos contar com a iluminação em todo seu potencial. Para se adequar a essas condições nós mudamos coisas do material pré-existente e bolamos algumas novidades juntamente com o nosso VJ Carlos Pedreañes."

A necessidade de adaptação não incomodou a banda, que disse não ter problema em tocar no período da tarde. "Como público eu também acabo priorizando as bandas gringas do line up de um festival, são bandas que não dá pra ver sempre e além disso são elas as responsáveis por levar a maior parte do público".

Entre essas bandas, Pitty diz que já tem as suas preferências. "Tô achando ótimo o tamanho desse line-up, e quero ver muitas coisas. Tomahawk, Alabama Shakes, Gary Clark Jr.. Black Keys, QOTSA e vários outros". A cantora ainda diz que "seria ótimo" estar entre as atrações de 2014. 

Quem não for ao Lolla, poderá encontrar a banda em duas apresentações marcadas após cobranças dos fãs. "Recebemos algumas queixas do pessoal de São Paulo por não termos feito shows fora de festivais na cidade nessa fase final então resolvemos marcar duas datas (02 e 03 de abril) no Sesc Vila Mariana", informou Martin.

Após esses shows, a banda entra em estúdio para gravar o sucessor de "Chiaroscuro", lançado em 2009, álbum que deve manter o peso da banda, longe da calmaria do Agridoce. "Ainda falta um tanto pra começar a gravar o disco novo, mas a vontade é de explorar justamente o avesso do Agridoce já que passamos um bom tempo nele. Preciso do contraste, e sinto que ele vai pintar naturalmente devido a essa demanda interna. Mas é começar a fazer pra ver qual é."

Notícias relacionadas

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos