PUBLICIDADE
Topo

Fernando Brant, um dos integrantes do Clube da Esquina, morre aos 68 anos

Do UOL, em São Paulo

12/06/2015 23h33

O jornalista e compositor Fernando Brant morreu nesta sexta-feira (12) aos 68 anos, em Belo Horizonte, Minas Gerais. Brant foi parceiro de Milton Nascimento e Lô Borges e integrou o Clube da Esquina nos anos 70. 

O compositor morreu em decorrência de problemas no fígado após ter se submetido a um transplante do órgão na terça-feira passada (2). O novo fígado foi rejeitado pelo corpo e ele passou por uma outra cirurgia na sexta-feira (5), mas não resistiu. 
 
Fernando compôs com Milton Nascimento mais de 200 canções, entre elas clássicos como "Travessia", "Maria, Maria", "Planeta Blue", "Promessas do Sol" e a letra da versão em português de "Canção da América".
 
Nas redes sociais, o senador Aécio Neves lamentou a morte do compositor. "Fernando foi, durante décadas, um grande companheiro. Partilhamos os mesmos sonhos de Minas e de Brasil. Com muita tristeza, faço silêncio nesse momento, manifestando a minha homenagem e enviando, com emoção, o meu abraço à sua família, ao Roberto, ao Paulo e aos amigos do Clube da Esquina". 
 
Fernando Brant deixa duas filhas, Isabel e Ana Luisa e um filho, Diógenes. Ele também deixa dois netos e a mulher Leise. 
 
Integrantes do Clube da Esquina posam no Bar Hipódromo, na Gávea, Rio de Janeiro. Na foto, Toninho Horta, Nelson Angelo, Fernando Brant, Márcio Borges, Murilo Antunes e Beto Guedes - Fábio Motta/Estadão Conteúdo - Fábio Motta/Estadão Conteúdo
21.dez.2004 - Integrantes do Clube da Esquina posam no Bar Hipódromo, na Gávea, Rio de Janeiro. Na foto, da esq. para dir.: Toninho Horta, Nelson Angelo, Fernando Brant, Márcio Borges, Murilo Antunes e Beto Guedes
Imagem: Fábio Motta/Estadão Conteúdo