Música

Roberto Carlos exalta Sergio Moro e dá recado a autor de biografia proibida

Francisco Cepeda/AgNews
Roberto Carlos conversa com jornalistas no Projeto Emoções na Praia do Forte, na Bahia imagem: Francisco Cepeda/AgNews

Paulo Pacheco

Do UOL, na Praia do Forte, Bahia

Em passagem na Bahia com seu projeto Emoções, que trocou o cruzeiro marítimo por um resort na praia do Forte, Roberto Carlos falou nesta quinta-feira (16) sobre a biografia que lançará em livro e filme. O cantor não antecipou a data de lançamento, mas disse que contará a história de “verdade” de sua vida.

“Vamos fazer um filme bacana e contando realmente a verdade da minha vida”, disse Roberto. “Vai ter tudo, tudo que aconteceu contando desde que nasci. Vou contar tudo que aconteceu, o acidente, tudo. Se estou me propondo a fazer um filme baseado na minha história, não posso esconder certas coisas”, completou.

A vida de Roberto também será contada novamente por Paulo César de Araújo, com quem o cantor brigou na Justiça pela proibição da biografia “Roberto Carlos em Detalhes”. Sobre a nova publicação, que deverá ser lançada ainda neste semestre, Roberto vai esperar chegar às lojas para decidir se autoriza ou não.
“Não posso fazer nada, não posso ter nenhuma ideia enquanto não ler. Se estiver tudo bem, tudo bem. Espero que não seja como o primeiro”, afirmou.



O filme sobre Roberto, dirigido por Breno Silveira (de “Dois Filhos de Francisco”), está em fase inicial de produção. O cantor ainda não sabe quem irá interpretá-lo. “Não tenho ator preferido. Estamos procurando, está no início. Vou aceitar as sugestões do diretor sobre quem fará o meu papel no filme. Não pode ser um cara muito alto, mas também não pode ser um baixinho”, brincou.

Roberto também falou sobre política na coletiva de imprensa, realizada no mesmo palco dos três shows que fará na Bahia e que também foi assistida por centenas de fãs. Ele desmentiu declarações falsas que circulam na internet e apoiou Gilberto Gil no processo contra um site que publicou que o cantor baiano havia chamado Sergio Moro de “juizinho fajuto”. Roberto exaltou o juiz da Operação Lava Jato e foi ovacionado pelo público.

“Muita coisa que está sendo dita que eu disse e eu não disse, muito apoio que dizem que estou dando e eu não estou dando. É muito bom saber que eu nunca me manifestei em relação se este ou aquele deveria ficar ou sair. Isso me aborrece muito, aborreceu muito ao Gil também, que foi envolvido nessa história mentirosa.

Alguém que por trás da internet faz coisas que não deveria fazer. Eu quero dizer o seguinte: não sou a favor deste ou daquele, sou a favor da justiça. E sendo a favor da justiça eu sou a favor de Sergio Moro. Tem muita coragem, muita consciência, muito equilíbrio, eu pelo menos vejo assim. Ele e todas as instituições que estão trabalhando nessa questão e mudando o Brasil, porque acho que isso vai mudar o Brasil. Acho que a gente tem que apoiar tudo que ele está fazendo”, declarou Roberto.

*O repórter viajou à convite da produção de Roberto Carlos

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
TV e Famosos
UOL Entretenimento
UOL Música - Imagens
do UOL
AFP
UOL Música - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Colunas - Flavio Ricco
Música
do UOL
AFP
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Erratas
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Bloomberg
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
Topo