UOL Música

Publicidade

15/08/2007 - 15h41
Veja cronologia da vida de Elvis Presley

Da Redação

DPA/Brainpix

Elvis Presley e Priscilla no dia do casamento (01/05/1967)

Elvis Presley e Priscilla no dia do casamento (01/05/1967)


1935 - Nasce em Tupelo, Mississippi (EUA), Elvis Aaron Presley, filho de Vernon e Gladys Presley, no dia 8 de janeiro. Ele teve um irmão gêmeo, Jessie Garon, que nasceu morto.

1946 - Elvis ganha seu primeiro violão.

1948 - A família Presley muda-se para Memphis.

1953 - Elvis grava duas canções, "My Happiness" e "That's When Your Heartaches Begin", por US$ 4, e dá o disco de presente para sua mãe.

1954 - Em janeiro, volta ao estúdio para fazer outras gravações. O dono do estúdio, Sam Phillips, surpreende-se com o talento de Elvis e o chama para gravar a canção "Without You". O cantor grava seu primeiro compacto pela Sun Records, uma versão de "That's All Right", e passa a se apresentar em pequenos clubes. Em outubro, Elvis se apresenta pela primeira vez no programa de rádio "Louisiana Hayride". No mês seguinte, assina com o programa um contrato de um ano, para apresentações aos sábados. Durante esse perído, Elvis conhece o promotor e empresário de artistas country, "Colonel" Tom Parker, que o acompanharia por grande parte de sua carreira.

1955 - Em agosto, Elvis assina um contrato com a empresa do cantor country Hank Snow e de Tom Parker. O "Colonel" passa a ser seu empresário. Em novembro, Elvis assina com a gravadora RCA, que compra os direitos de seus cinco singles lançados pela Sun e também o material inédito gravado pelo selo. O valor total de US$40 mil pago pela RCA é mais alto até então. A editora Elvis Presley Music é criada para cuidar dos direitos das canções de Elvis.

1956 - Elvis faz sua primeira gravação nos estúdios da RCA, em janeiro. No mesmo mês, sai o compacto com "Heartbreak Hotel" e "I Was The One", que vende 300 mil cópias em três semanas. No dia seguinte ao lançamento do single, Elvis e seu grupo participam pela primeira vez de um programa de TV, o "Stage Show" da rede CBS. Seu primeiro álbum, "Elvis Presley", é lançado em março. O disco lidera por 10 semanas a parada pop da Billboard e vende mais de 1 milhão de cópias. Em agosto começam as filmagens de seu primeiro longa, "Love Me Tender", que estréia nos cinemas em novembro.

1957 - Em março, Elvis compra a mansão Graceland, para onde se muda em abril com seus pais e a avó paterna. No mesmo mês, apresenta-se pela primeira vez fora dos EUA, no Canadá. Seu segundo filme, "Loving You" estréia em julho. "Jailhouse Rock", seu terceiro longa, é lançado em outubro, em Memphis. Em dezembro de 57, Elvis é oficialmente recrutado pelo exército norte-americano.

1958 - Entra para o exército em março. Em junho, durante sua primeira folga, faz sua última gravação até 1960, quando deixa a vida militar. Um mês depois, seu quarto filme, "King Creole", estréia nos cinemas. O longa é um sucesso e a performance de Elvis recebe ótimas críticas. Sua mãe, Gladys, morre em 14 de agosto, aos 46 anos. No final do ano Elvis é transferido para uma base americana na Alemanha, onde ficará por 18 meses.

1959 - Em novembro, conhece, na Alemanha, Priscilla Ann Beaulieu, filha de um Capitão americano também transferido para o país.

1960 - Elvis deixa o exército em março e volta para Memphis. Grava algumas canções que serão lançadas no disco "Elvis is Back!". Em julho seu pai se casa com Davada Stanley. Seu quinto filme, "GI Blues", estréia em novembro. Sua trilha sonora fica por 111 semanas na parada de sucessos. Em dezembro, seu filme seguinte, "Flaming Star", chega aos cinemas. Por trazer poucas canções, o filme não atinge o mesmo sucesso dos anteriores.

1961 - O cantor vai para o Havai, onde se apresenta ao vivo e começa a filmar "Blue Hawaii". Seu novo filme, "Wild in The Country", estréia e divide a crítica. "Blue Hawaii" é lançado no final de novembro e faz grande sucesso. Um dos clássicos do repertório do cantor, "Can't Help Falling in Love", faz parte da trilha sonora do filme.

1962 - Elvis lança três novos filmes, "Follow That Dream", "Kid Galahad" e "Girls! Girls! Girls!". Em dezembro, Priscilla Beaulieu visita Elvis nos EUA. Ela passa o Natal em Graceland e se muda para a casa no início do ano seguinte.

1963 - Elvis passa parte do ano nos estúdios cinematográficos, trabalhando em novos filmes. Seu 13º, "Fun in Acapulco", é lançado em novembro, com grande sucesso. O cantor continua a gravar e lançar discos, especialmente trilhas sonoras.

1964 - Considerado um de seus piores filmes, "Kissin Cousins" estréia em março. Em contrapartida, "Viva Las Vegas", lançado em junho, é considerado um dos melhores de Elvis no período. Continua a filmar e a lançar discos durante o ano.

1965 - Em agosto, recebe a visita dos Beatles em sua casa na Califórnia. Durante as horas que passam juntos, chegam a fazer uma jam session.

1966 - Elvis pede Priscilla em casamento em dezembro.

1967 - Em março, lança seu segundo álbum de músicas religiosas, "How Great Thou Art". O disco rende à Elvis seu primeiro Grammy, como melhor disco religioso. Casa-se com Priscilla em 1º de maio, em Las Vegas. No final do mês, fazem outra cerimônia, em Graceland, para os que não puderam ir até Las Vegas. Continua a filmar e a gravar. Um dos filmes lançados é "Clambake".

1968 - Em 1º de fevereiro nesce a filha de Elvis e Priscilla, Lisa Marie Presley. Este ano marca o "renascimento" da carreira de Elvis, que dava sinais de desgaste. O especial de TV "68 Comeback", que foi ao ar em dezembro, é sucesso de público e crítica, e dá novo ânimo à sua carreira.

1969 - Elvis volta a gravar em Memphis, pela primeira vez desde 1955. Ao mesmo tempo em que continua sua carreira de ator, assina um contrato para se apresentar no International Hotel, em Las Vegas, por quatro semanas. Os shows geram seu primeiro disco ao vivo, "Elvis in Person at the International Hotel", lançado em 70. O compacto "Suspicious Minds" sai em setembro de 69. Pela primeira vez, desde 62, Elvis chega ao primeiro lugar da parada de compactos. Em novembro estréia nos cinemas "Change of Habit", seu último longa-metragem como ator.

1970 - Volta a se apresentar em Las Vegas. Sua primeira turnê desde 1957 acontece entre 9 e 14 de setembro, e passa por nove cidades com grande sucesso. No final do ano, estréia nos cinemas o documentário, "Elvis, That's the Way It Is", filmado durante as temporadas de Las Vegas e a recente turnê. Em dezembro, visita o Presidente Richard Nixon, na Casa Branca.

1971 - Entre janeiro e fevereiro, faz uma temporada de um mês em Las Vegas. Descobre que sofre de glaucoma em março e interrompe gravações em Nashville. Dois meses depois, volta ao estúdio. Até o final do ano, Elvis continuará a se apresentar em hotéis de Las Vegas.

1972 - Elvis e Priscilla se separam. Em abril, lança seu segundo disco gospel, "He Touched Me", que ganha outro prêmio Grammy. Em junho faz quatro shows esgotados em Nova York, no Madison Square Garden. Os shows resultam em mais um disco ao vivo, lançado apenas nove dias depois. Em novembro sai o filme "Elvis on Tour", que ganha o Globo de Ouro de melhor documentário.

1973 - Um dos pontos altos da carreira de Elvis acontece em janeiro, quando vai ao ar, ao vivo, para diversos países do mundo, o especial "Elvis: Aloha from Hawaii". O show é assistido por mais de 1 bilhão de pessoas. Em março, Elvis e "Colonel" Parker vendem para a RCA os direitos de todas as suas canções gravadas até então. A trilha do especial de TV é lançada em maio e chega ao primeiro lugar da Billboard. Diversos problemas de saúde afetam Elvis, que é internado em outubro com pneumonia e hepatite, entre outras complicações.

1974 - Elvis volta afazer shows em Memphis, em quatro apresentações lotadas. O disco ao vivo "Elvis Recorded Live on Stage in Memphis" dá ao cantor seu terceiro Grammy, em 75.

1975 - Elvis é hospitalizado novamente no começo do ano. Continua a se apresentar ao vivo e volta ao hospital em setembro. Voa pela primeira vez em seu jato particular, o Lisa Marie.

1976 - Grava, em Graceland, um novo disco, "From Elvis Presley Boulevard, Memphis, Tennessee".

1977 - Em abril é hospitalizado novamente, em Memphis. Se apresenta ao vivo pela última vez no dia 26 de junho, em Indiana. No dia 16 de agosto Elvis morre em Graceland, de parada cardíaca, enquanto descansava antes de viajar para continuar sua turnê. Sua morte é atribuída a overdose de remédios.

Mais
Filha de Elvis faz "dueto virtual" com o pai na nova versão de "In the Ghetto"
Elvis Presley vendeu mais de um bilhão de discos; veja recordes do cantor
Exposição de objetos pessoais leva Elvis de volta à Alemanha
Semana de eventos marca 30 anos da morte de Elvis
Graceland quer atrair fãs para lembrar os 30 anos de morte de Elvis Presley
Caravana de brasileiros vai a Memphis lembrar 30 anos sem Elvis
Cirque du Soleil vai montar espetáculo sobre Elvis Presley
Mansão do cantor deve receber 50 mil fãs nos 30 anos de sua morte
30 anos depois da sua morte, ninguém tirou de Elvis Presley o título de rei do rock

ÍNDICE DE NOTÍCIAS  IMPRIMIR  ENVIE POR E-MAIL


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
16/06/2009

13h46- Aerosmith toca íntegra de disco clássico de 1975 em turnê

12h30- Primeiro festival de documentário musical começa dia 25 em São Paulo

12h15- Integrante da banda The Ventures, Bob Bogle morre aos 75 anos

12h07- http://img.uol.com.br/ico_assistir.gif Jeff Beck toca "Where Were You" ao vivo

12h05- http://img.uol.com.br/ico_assistir.gif Guitarrista inglês Jeff Beck toca "Big Block"

12h02- http://img.uol.com.br/ico_assistir.gif Clipe ao vivo de "Scatterbrain" com Jeff Beck

12h00- http://img.uol.com.br/ico_assistir.gif Jeff Beck toca "Goodby Pork Pie Hat" ao vivo

11h58- http://img.uol.com.br/ico_assistir.gif Jeff Beck toca "Led Boots" ao vivo em Londres

11h43- Spyro Gyra e homenagem a Carmen Miranda passam por palcos paulistanos

11h39- Violinista Hilary Hahn apresenta repertório erudito na Sala São Paulo

Mais Notícias