UOL Entretenimento Música
 

12/12/2010 - 15h07

Luan Santana grava seu 2º DVD em show para 15 mil, no Rio de Janeiro

ANDRÉ PIUNTI
Colaboração para o UOL
  • Luan Santana grava 2º DVD no Rio de Janeiro, em show para 15 mil

    Luan Santana grava 2º DVD no Rio de Janeiro, em show para 15 mil

Luan Santana gravou o segundo DVD de sua carreira, no HSBC Arena, na Barra da Tijuca, neste sábado (11). O espaço recebeu 15 mil pessoas, com a maior parte do público formada por jovens e ingressos esgotados há uma semana.

Com orçamento de cerca de R$ 2 milhões, o DVD chamou atenção por suas novidades tecnológicas, pelo uso de truques de ilusionismo e pelas participações especiais de Ivete Sangalo, Zezé di Camargo e Luciano e da cantora espanhola radicada no México, Belinda.

Logo na abertura, uma das grandes novidades anunciadas durante o último mês: O cantor, que estava debaixo do palco, foi impulsionado para cima por uma espécie de elevador, tecnologia trazida da turnê "This Is It" que Michael Jackson preparava para estrear no ano passado.

O palco possuía duas passarelas que ficavam em meio ao público e foi em uma das pontas que o cantor deu início ao show. A canção escolhida para a abertura foi "Adrenalina", que vem sendo trabalhada nas rádios há dois meses. Das 19 músicas gravadas, cinco fizeram parte do primeiro DVD de Luan: "Meteoro", "Você Não Sabe o que é Amor", "Chocolate", "Sinais" e "Vou Voar".

Após cumprimentar o público e dizer que aquele era o dia mais feliz de sua vida, Luan Santana recebeu no palco a cantora Ivete Sangalo, com quem apresentou uma canção inédita. A pedido da própria Ivete, que alegou problemas no áudio, a apresentação foi refeita. Simpática com o público, a cantora disse que também amava Luan, respondendo aos gritos insistentes de grande parte da plateia.

Durante pouco mais de duas horas de apresentação, cerca de 30 meninas invadiram o palco. A gravação chegou a ser interrompida para que um integrante da equipe do cantor pedisse para que as fãs parassem de subir no palco, mas não adiantou. Pouco tempo depois, uma canção teve de ser regravada por conta de mais uma invasão.

A segunda convidada da noite foi a cantora mexicana Belinda, pouco conhecida no Brasil. Luan e a cantora se viram pela primeira vez em uma apresentação no programa da Hebe, no SBT. Quando foi anunciado que haveria uma participação internacional no DVD, os fãs já imaginaram que a atração poderia ser ela. Belinda, que também cantou uma música inédita ao lado de Luan, arriscou alguns agradecimentos em português após sua apresentação.

Após um intervalo de 10 minutos, o cantor voltou para apresentar a canção "Vou Voar", na qual é içado por cabos. O número já foi apresentado em alguns shows durante esse ano, mas ainda não havia nenhum registro em vídeo. A diferença dessa vez é que o cantor subiu muito mais alto que o normal, aproveitando a amplitude do teto da arena.

Um dos momentos mais marcantes do show foi quando Luan cantou a inédita "Amar Não é Pecado", canção romântica com arranjo feito no piano, que deverá ser uma das canções de trabalho do DVD. É a música mais lenta e intimista já gravada por Luan em toda sua carreira.

Sentado em um banco, o cantor conversou com a plateia por alguns minutos e explicou os motivos de ter escolhido a cidade do Rio de Janeiro para gravar seu DVD. Segundo Luan, além de o Rio ser a cidade mais bonita e ter as mulheres mais bonitas do mundo, a gravação tem o intuito de reforçar a presença da música sertaneja na capital, que cresceu significativamente nesse último ano.

Após o discurso, algumas batidas de funk introduziram mais uma canção inédita que traria o primeiro truque de ilusionismo da noite. Enquanto Luan cantava, o músico ao seu lado levitou. A ideia de usar ilusionismo foi do próprio Luan Santana. Após a produção definir que os truques iriam fazer parte do DVD, Issao Imamura, maior ilusionista do país, foi chamado para ser responsável pelo trabalho.

Em tom emocionado, após uma curta pausa, Luan reservou alguns minutos para falar sobre os fãs, a "Família Luan Santana". O cantor agradeceu a ajuda de todos que sempre o acompanharam e o apoiaram ao longo do ano, e dedicou um de seus maiores sucessos à "família": "Você Não Sabe o que é Amor". Em seguida, o cantor fez seu já tradicional gesto de coração com as mãos e cantou a inédita "Super-Amor", enquanto bexigas em formato de coração eram jogadas sobre a plateia.

Outra surpresa para o público foi a regravação de "Conquistando o Impossível", canção gospel conhecida na voz da cantora Jamily. Esta é a segunda vez que o cantor grava uma canção de cunho religioso.

Na parte final do show, Luan anunciou um novo sanfoneiro em sua banda. Com a sanfona em mãos, Zezé di Camargo entrou no palco tocando um trecho de "Amor Distante", clássico sertanejo já gravado por nomes como Chitãozinho & Xororó e Milionário & José Rico, enquanto Luan cantava sozinho. Após a breve participação de Zezé como sanfoneiro, Luciano entrou no palco, e os três juntos cantaram "Inquilina de Violeiro", moda de viola tradicional ainda pouco conhecida dos jovens.

No encerramento, outro truque de ilusionismo: Após apresentar a canção que o tornou conhecido em todo o país, "Meteoro", houve uma explosão de fogos e o cantor desapareceu do palco. O público ainda o procurou em outros lugares do ginásio, esperando ser algum jogo de imagens, mas era, de fato, mais um truque.

Após gravar a canção de encerramento do DVD, Luan voltou ao palco para refazer cinco canções, prática comum em gravações de DVD.

Hospedagem: UOL Host