UOL Entretenimento Música
 

23/07/2011 - 15h13

"Uma parte de mim morreu hoje", lamenta integrante da banda de Amy Winehouse

Da Redação
  • Amy Winehouse é abraçada pelo músico Zalon na cerimônia do Grammy, em Londres (10/02/2008)

    Amy Winehouse é abraçada pelo músico Zalon na cerimônia do Grammy, em Londres (10/02/2008)

O backing vocal da banda de Amy Winehouse, Zalon, lamentou a morte da cantora, anunciada neste sábado (23). "Uma parte de mim morreu hoje. Nos conectamos por caminhos que vou valorizar para sempre. Você sabe o quanto eu te amo. RIP AmyWinehouse", escreveu o cantor em sua página no Twitter.
 
O cantor Mayer Hawthorne, que integrou a programação do festival que trouxe Amy Winehouse ao Brasil em janeiro, disse também em seu Twitter que está profundamente triste. "Descanse em paz, Amy. Obrigado por tudo", escreveu.  A cantora Janelle Monáe, que também veio ao mesmo festival, disse que seu "coração está pesado". "Orando por sua força durante este tempo", escreveu. 
 
A brasileira Pitty, que está em turnê pelos Estados Unidos, lamentou em sua página no Twitter. "Estou sentada num restaurante e lágrimas caem dos meus olhos. Podem olhar a vontade, mtfckrs. Amyzinha partiu", escreveu.
 
Dita von Teese também escreveu: "Por favor, alguém me diz que isso não é verdade  Estou devastada, passei momentos extraordinários com ela. Grande perda".
 
Amy Winehouse morreu na tarde deste sábado (23), por volta das 16h do horário local (13h de Brasília), aos 27 anos. Segundo informações dos jornais "The Guardian", "Daily Mirror", The Sun" e "Sky News", a cantora foi encontrada morta em sua casa em Camden, na Inglaterra. Há suspeitas de que ela tenha sofrido overdose de drogas.
 
Hospedagem: UOL Host