UOL Entretenimento Música
 
Tags relacionadas:

24/09/2011 - 20h32

Sem máscara, vocalista do Slipknot sobe ao palco do Rock In Rio com banda paralela

MARIANA TRAMONTINA
Do UOL, no Rio

O vocalista do mascarado Slipknot, Corey Taylor, aproveitou a escalação de sua banda no Rock In Rio para trazer seu grupo paralelo ao festival. O Stone Sour, segunda atração deste sábado (24) no Palco Mundo, começou o show às 20h30 com um jogo de luzes e um coro de vozes. A banda também trouxe uma novidade: o ex-baterista do Dream Theater, Mike Portnoy, nas baquetas.

Mesmo sem a famosa máscara que usa no Slipknot, Taylor não deixou de lado a performance teatral, que foi aberta com "Mission Statement". Sorridente, o carismático vocalista elogiou o público, convidou a platéia para "perder a cabeça" e invocou coros e palmas. Ainda que grande parte do público desconhecesse a atração, os pedidos de Taylor foram sempre atendidos.

Entre faixas como "Digital (Did You Tell)" e "Orchids", e embaixo de forte chuva, Taylor deixou seus vocais limpos contrastando com as guitarras sujas do Stone Sour. Um dos bateristas mais famosos do heavy metal, Portnoy foi discreto em seu instrumento. Ele substitui Roy Mayorga, que deve acompanhar o nascimento de sua primeira filha neste final de semana.

Antes do Stone Sour, o NX Zero fez as honras do palco principal com participação do rapper Emicida. Na sequência, o Palco Mundo recebe Capital Inicial, Snow Patrol e, para o encerramento, os californianos do Red Hot Chili Peppers.

O Slipknot, banda principal de Corey Taylor, se apresenta neste domingo (25) no Palco Mundo, junto com os brasileiros do Glória, a banda Coheed and Cambria, Motörhead e, no encerramento, Metallica.

Hospedagem: UOL Host