Música

Fãs paulistas pagam até R$ 4.000 para ver Jojo Todynho em balada top

Mariana Pekin/UOL
Jojo Todynho faz show no Villa Mix, em São Paulo Imagem: Mariana Pekin/UOL

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

22/01/2018 07h58

O sucesso meteórico de Jojo Todynho desde que “Que Tiro Foi Esse” viralizou nas redes sociais, há cerca de 15 dias, foi colocado à prova pela primeira vez em São Paulo neste fim de semana. O tiro do funk da carioca veio potente e acertou a mira ainda que distante de sua terra natal, onde ela está estourada há mais tempo.

Autêntica, desbocada e empoderada, a funkeira de Bangu encontrou na noite de domingo (21) um Villa Mix lotado mesmo subindo ao palco faltando apenas cinco minutos para a quarta segunda-feira do ano. Foram três shows em dois dias. Antes, ela já tinha passado por outra casa noturna, no sábado, e feito uma participação animada ao lado da amiga Anitta no ensaio dos Blocos das Poderosas, no mesmo dia.

Embalados por bebida destilada em fartura, água de coco e energético, o público na faixa dos vinte e poucos anos pouco se importou de esticar o domingão esperando o grande momento da noite. Alguns pagaram R$ 4.000 por um espaço nobre colado ao palco e, quem sabe, uma selfie perfeita ao lado de Jojo Todynho e a garantia de uma enxurrada de likes nas redes sociais.

Foi o caso de Nathalia Reis, estudante de 19 anos de São Paulo que vive atualmente em Barcelona - onde está estudando. Mesmo morando na Europa, a garota garante que ama Jojo Todynho de paixão e conhece a funkeira “desde que ela tinha só 5.000 seguidores no Instagram”. Hoje são 1,7 milhão. Nathalia garante que pagou R$ 4.000 no camarote só por causa de Jojo. Levou as amigas como convidadas, que chamaram outros conhecidos para o cercadinho que comportava 15 pessoas.

Afinal, qual valor tem uma foto ou um vídeo perto da sensação atual do funk? O investimento da estudante rendeu bem mais que o esperado. Após berros de “eu te amo” e “você é minha ídola”, Nathalia foi a primeira escolhida para subir ao palco e mostrar suas habilidades dançando “Vai Malandra”, música mais recente de Anitta que conta com Jojo Todynho no clipe. “Eu quero você representando São Paulo e meus Toddynho”, chamou a cantora.

Jojo Todynho ainda contou com outras quatro voluntárias para rebolar a bunda em cima do palco, já que sua rebolada estava ligeiramente afetada por uma bota ortopédica. O pé torcido foi resultado da empolgação durante uma prova de roupas no dia anterior. “Vi um vestido, fui descer a escada para pegar e foram três degraus de uma vez só”, explicou ao UOL no camarim depois da apresentação.

Mas o repertório de Jojo, completado com hits de Ludmilla, Pabllo Vittar, G15 e outras sensações atuais do funk, ainda reservava uma surpresa. “Vocês acharam que eu não ia balançar meus peitos hoje”, provocou, adaptando o bordão de Anitta e emendando com “Movimento da Sanfoninha”. É a mesma música usada pela amiga no momento de rebolar a bunda nos shows.

As reações ao sutiã 58 de Jojo Todynho não passaram despercebidas. “Você tá me seduzindo, vou esfregar o Toddy na sua cara. Quer Todynho?”, perguntou a um garoto que tentava chamar a atenção dela na pista, fora dos camarotes. A reposta positiva fez a cantora ir além. “É rol***? Se eu der uma sentada diferente aí te quebro todo. Sou grandona”, ressaltou do alto de seus 1,50m e 90kg. As mulheres não foram esquecidas. “Só tem mulherão da p*** aqui”, fez questão de frisar. “Fechou o camarote só pra me ver. E aí, loirinha, tá emocionada?”, falou apontando para a fã que tinha dançado no palco minutos antes.

Mas nem todos os presentes terminaram a noite superando suas expectativas. Jihad Khatib, empresário de Praia Grande (SP), também pagou R$ 4.000 para comemorar com amigos e amigas seu aniversário de 22 anos ao som de Jojo Todynho. “Não conhecia ela antes do ‘Que Tiro Foi Esse’, mas curti muito a música. Ela é do Rio, né?”, declarou antes do show. Acabou a noite de cara fechada depois de tomar uma bronca da artista por molhar o público que estava perto do palco com uma chuva de espumante. “Respeita as pessoas”, pediu Jojo sob aplausos.

Mariana Pekin/UOL
Ostentação: fã pagou R$ 4.000 no camarote do show de Jojo e foi cercado por moças segurando garrafas de champagne e placas para comemorar seu aniversário Imagem: Mariana Pekin/UOL

Já os outros presentes no mesmo camarote - entre eles youtubers e ex-BBBs - não parecem ter se abalado da mesma maneira que o aniversariante. A animação no primeiro dos três cercadinhos em frente ao palco rendeu até uma reprodução do meme que deslanchou a carreira de Jojo. Um dos rapazes fez questão de se jogar no chão quando ouviu o primeiro refrão de “Que Tiro Foi Esse”, o hit que foi cantado duas vezes e encerrou o show.

Com “um beijo nas pirocas” e “uma lambida nas pepeka", Jojo Todynho encerrou sem censura os 35 minutos do seu terceiro show no primeiro fim de semana com agenda lotada em São Paulo. O pé? Ela garante que melhora em 15 dias. A tempo de enfrentar a maratona de Carnaval que promete abraçar e espalhar seu hit para bem além da internet.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

UOL Música - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
EFE
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Chico Barney
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
AFP
Topo