Música

É treta no pop! 3 brigas atuais da música que são melhores do que ver UFC

Do UOL, em São Paulo

07/07/2017 04h00

Hoje em dia, se você quer ver uma boa treta não precisa esperar pela próxima luta de Conor McGregor ou Ronda Rousey no UFC.

A música pop virou um verdadeiro octógono e está valendo tudo.

Nem as regras de honra (puxar cabelo, dedo no olho e golpe nas partes íntimas) estão sendo respeitadas.

Explicamos as 3 brigas do pop atual que não devem nada para os os combates de MMA.

 

  • Imagem: Getty Images/Montagem/UOL
    Getty Images/Montagem/UOL
    Imagem: Getty Images/Montagem/UOL

    Katy Perry x Taylor Swift

    A treta entre as divas é o card principal do vale tudo do pop. Tudo começou quando Taylor acusou Katy de roubar três dançarinos de sua turnê em 2013. Ofendida porque os bailarinos quiseram participar da "Prismatic World" em vez da "Red Tour", Swift os demitiu. Após farpas públicas em entrevistas e redes sociais. O segundo round veio com o lançamento de "Bad Blood", música em que Swift manda uma indireta para Perry, chamando a de "sangue ruim". Recentemente, Katy sinalizou que gostaria de ficar em paz, mas há rumores de que "Swish Swish", música nova dela, aquela que tem o lyric video com a Gretchen, seria uma dedicatória para a inimiga.

  • Imagem: Montagem/UOL
    Montagem/UOL
    Imagem: Montagem/UOL

    Iggy Azalea e Maluma x Anitta

    A maior prova de que Anitta já é uma estrela internacional é que o sucesso dela veio junto com uma boa dose de intrigas. Antes amigos e parceiros na música, Maluma e Anitta deixaram de se seguir nas redes sociais. O motivo real ninguém sabe. Mas Maluma substituiu os vocais de Anitta na música "Sim ou Não". O último round da briga foram aparições de Maluma com Iggy Azalea e um boato de que eles iram gravar um remix de "Switch", faixa de Anitta com Azalea. A rapper australiana tratou de desmentir, mas a julgar pelas indiretas de Anitta nas redes sociais, a treta está apenas começando.

  • Imagem: Montagem/UOL
    Montagem/UOL
    Imagem: Montagem/UOL

    Kanye West x Jay Z

    Eles eram amigos, agora são rivais. A amizade entre os rappers virou briga depois que West resolveu deixar de ser um artista exclusivo do Tidal, serviço de streaming comandado por Jay Z. O marido de Kim Kardashian alega que a empresa lhe deve US$ 3 milhões. O Tidal se pronunciou dizendo que não pagará o valor porque West não cumpriu todas as exigências do contrato. Já Jay Z não falou oficialmente sobre as acusações, mas a música "Kill Jay Z", de seu novo álbum "4:44", teria um trecho sobre a polêmica.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
TV e Famosos
do UOL
Adriana de Barros
TV e Famosos
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
Da Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
Adriana de Barros
do UOL
Topo