Topo

Música

Dos palcos para os quadrinhos! Dez músicos que mandam muito bem nas HQs

Do UOL, em São Paulo

11/08/2017 12h53

Não basta arrastar multidões para seus shows, alguns músicos ainda são talentosos no mundo dos quadrinhos. Gerard Way, ex-My Chemical Romance, firmou recentemente um contrato com a Netflix para lançar uma versão live-action de "The Umbrella Academy", mas Coldplayy, Rage Against the Machine, Kiss e muitas outras bandas têm integrantes que também se arriscam nas HQs. O UOL ?preparou uma listinha com 15 músicos criativos fora dos palcos.

  • Divulgação

    Tom Morello - "Orchid"

    O guitarrista do Rage Against the Machine e do Prophets of Rage escreveu 12 edições da HQ lançada em 2011. A trama conta a história de uma adolescente que precisa, de alguma forma, sobreviver em um mundo pós-apocalíptico cheio de ferozes amimais e onde os ricos e poderosos vivem em cidades-fortaleza.

  • Divulgação

    Gerard Way - "The Umbrella Academy"

    Mais conhecido pelo trabalho no My Chemical Romance, Gerard Way criou um grupo de adolescentes deslocados que são super-heróis. E, claro, eles precisam salvar o mundo. O ilustrador da HQ, que chega ao Netflix em 2018, é o brasileiro Gabriel Ba. "Estou animado que 'The Umbrella Academy' tenha encontrado uma casa na Netflix. Não poderia pensar em lugar melhor pela visão que Gabriel e eu tivemos quando criamos o quadrinho. Mal posso esperar para as pessoas vivenciarem esse mundo como uma live-action", disse o músico em comunicado.

  • Divulgação

    Danzig - "Verotik"

    O líder do Misfits criou um quadrinho para adultos e juntou as palavras "violência" e "erótica" para dar título ao projeto. Um filme pornê baseado na história ainda foi lançado em 2006.

  • Divulgação

    Gene Simmons - "House of Horrors"

    O líder do Kiss foi outro que partiu para a área dos "graphic novels". O baixista lançou, em 2008, uma obra reunindo diversos contos de horror sinistros, misturando ficção científica e fantasia. Com aquele olhar esperto para os negócios, Gene ainda chamou para escrever algumas histórias Leah Moore, filha do mestre Alan Moore, responsável por "Watchmen" e "V de Vingança".

  • Divulgação

    Rob Zombie - "Whatever Happened to Baron Von Shock?"

    Músico, diretor, roteirista, produtor e amante de quadrinhos. Rob Zombie criou uma história sobre um apresentador de programa da TV que vira uma celebridade antes de tudo desandar (e o final não é nada bonito).

  • Divulgação

    Black Francis - "The Good Inn"

    O vocalista do Pixies juntou toda sua imaginação obscura para criar uma HQ, ao lado de Josh Frank, sobre um enredo onírico de um jovem ex-soldado que embarca em uma série de eventos estranhos.

  • Reprodução

    David Lynch - "The Angriest Dog In The World"

    Mais conhecido pelos seus trabalhos cinematográfico, David Lync também é músico (e ilustrador e roteirista e pintor e fotógrafo e um mais inúmeras coisas que talvez a gente não saiba). Mas o ícone pop também fazia tirinhas na década de 1980 e 1990, como "The Angriest Dog in the World", um cachorro que estava tão bravo que não conseguia se mover nem comer e muito menos dormir.

  • Divulgação

    Alice Cooper - "Dynamite"

    O dono dos hinos "School's Out" e "No More Mr. Nice Guy" também partiu para as graphic novels em "Dynamite", que ainda teve ajuda do roteirista de "Arquivo X", Joe Harris. Na história, olha o ego, Cooper se transforma em um "anjo da guarda", para salvar a humanidade. "Há tantas coisas que você possa fazer em um quadrinho que nós nunca conseguimos fazer no palco", disse o icônico frontman.

  • Divulgação

    Courtney Love - "Princess Ai"

    Ai é um princesa que não lembra nada de seu passado, acorda em Tóquio e precisa desvendar sua história. Tudo isso saiu da mente de Stuart Levy e Courtney Love, ex-vocalista do Hole.

  • Divulgação

    Coldplay - "Mylo Xyloto"

    Desta vez foi uma banda inteira. Para divulgar (ainda mais) o lançamento do álbum "Mylo Xyloto", o Coldplay lançou uma HQ homônima contando o cotidiano de uma rebelde no violento mundo de Silencia. O projeto foi capitaneado pelo cineasta Mark Osborne, de "Kung Fu Panda".