Música

"Thriller", de Michael Jackson, bate recorde com 33 mi de cópias vendidas

Divulgação
Cena do videoclipe "Thriller", de Michael Jackson, dirigido por John Landis Imagem: Divulgação

De Nova York (EUA)

16/02/2017 17h03

O lendário álbum de Michael Jackson, "Thriller", alcançou, nesta quinta-feira (16), um novo recorde ao atingir a marca de 33 milhões de cópias vendidas nos Estados Unidos desde seu lançamento em 1982.

A RIAA (Associação da Indústria de Gravação da América) anunciou a cifra recorde alcançada pelo disco um ano após começar a ser divulgado on-line.

"Thriller", que conta com alguns dos maiores sucessos da história como "Beat It" e "Billie Jean", parece estar perto de perder sua coroa como o álbum mais vendido de todos os tempos.

O disco foi lançado durante uma época de ouro para a comercialização da música, estimulada pela promoção de produções no canal MTV.

As vendas do álbum caíram na última década, em paralelo com o desenvolvimento da divulgação da música on-line, embora os lucros da indústria musical tenham se recuperado com a ascensão das plataformas de streaming, como o UOL Música Deezer.

O segundo disco mais vendido na história dos Estados Unidos é "Their Greatest Hits (1971-1975)" do Eagles, com 29 milhões de cópias.

Os herdeiros de Michael Jackson afirmam que "Thriller" vendeu mais de 105 milhões de cópias em todo o mundo, apesar das cifras globais ainda serem difíceis de quantificar.

O álbum "Bad" (1987), também de Michael Jackson, vendeu 10 milhões de cópias, revelou a RIAA.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Reuters
Reuters
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
UOL Música - Imagens
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
AFP
Blog do Matias
UOL Música - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Matias
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo