Música

Com streaming, indústria musical registra crescimento de 5,9% em 2016

Reprodução
UOL Música Deezer, parceria do UOL com a plataforma de streaming Deezer Imagem: Reprodução

De Nova York (EUA)

25/04/2017 10h45

As vendas de música em todo mundo registraram um crescimento de 5,9% em 2016, lideradas pela expansão do streaming, anunciou nesta terça-feira (25) a Federação Internacional da Indústria Fonográfica (Ifpi) em um comunicado.

O aumento de 5,9% registrado ano passado na comparação com 2015, com um volume de negócios de 15,7 bilhões de dólares, é o mais importante desde que a Ifpi começou a publicar os números para o mercado mundial de música, em 1997.

O ritmo é consideravelmente superior ao de 2015, que foi de 3,2%, e que já havia representado uma aceleração sem precedentes desde 1998.

A dinâmica está vinculada diretamente às vendas de música on demand ou por streaming, que registraram um aumento no faturamento de 60,4% apenas em 2016 graças à crescente popularidade de plataformas como Spotify, Apple Music, Tidal ou Deezer.

O crescimento deste segmento de mercado, que se tornou dominante, foi mais uma vez confirmado após o avanço de 47,3% em 2015 e de 3,2% em 2014.

Pela primeira vez, a música on-line e os downloads representam 50% das vendas mundiais.

As vendas em formatos físicos recuaram 6,8%, com um acúmulo de queda de 77% em 15 anos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Colunas - Flavio Ricco
do UOL
do UOL
do UOL
BBC Brasil - Cultura
do UOL
ANSA
UOL Música - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Chico Barney
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Música - Imagens
do UOL
do UOL
Reuters
Adriana de Barros
Reuters
Música
do UOL
Adriana de Barros
Adriana de Barros
Adriana de Barros
AFP
Da Redação
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
Adriana de Barros
do UOL
Reuters
do UOL
Topo