Topo

Entretenimento

Um dos mais populares cantores do México, Juan Gabriel morre aos 66 anos

Gabriel Olsen/Getty Images
O cantor mexicano Juan Gabriel, que morreu aos 66 anos nos Estados Unidos Imagem: Gabriel Olsen/Getty Images

Da Cidade do México (México)

28/08/2016 20h09

O cantor mexicano Juan Gabriel morreu neste domingo em Santa Monica, Califórnia (Estados Unidos), aos 66 anos de idade, em decorrência de um infarto, confirmou o presidente do México, Enrique Peña Nieto.

"Lamento a morte de Juan Gabriel, um dos grandes ícones musicais de nosso país. Minhas condolências a seus familiares e amigos", escreveu Peña Nieto no Twitter.

Em outra mensagem, o presidente afirmou que Juan Gabriel era "uma voz e um talento que representavam ao México".

"Sua música, um legado para o mundo. Se foi cedo demais. Que descanse em paz", acrescentou o chefe de Estado sobre o cantor, conhecido como "Divo de Juárez".

Alberto Aguilera Valadez, seu verdadeiro nome, nasceu em Parácuaro (Michoacán) em 7 de janeiro de 1950 e teve uma infância difícil, na qual passou 15 anos internado em um Centro de Melhoramento Infantil, onde compôs sua primeira canção aos 13 anos e estreou em 1965 no programa "Noches Rancheras".

Ao longo de sua carreira, compôs e interpretou canções que marcaram a história musical do México e, por extensão, da América Latina, como "Se me Olvidó Otra Vez", "Con tu Amor", "Amor Eterno" e "Así Fue"

Um de seus últimos discos, "Mis 40 en Bellas Artes", foi lançado em 2014 para celebrar seus 40 anos na música, uma gravação ao vivo de um show no Palácio de Belas Artes da Cidade do México e nele recopilou canções como "Querida", "La diferencia", "Siempre en Mi Mente" e "El Noa Noa".

Segundo a Academia Latina da Gravação, Juan Gabriel vendeu mais de 100 milhões de discos no mundo e contava com mais de 1.500 canções escritas.

Além disso, se destacou por sua faceta de compositor e produtor para outras grandes estrelas, entre elas a mexicana Lola Beltrán, o canadense Paul Anka e a espanhola Rocío Durcal.

Nos últimos anos seu estado de saúde começou a preocupar, especialmente em 2014, quando uma pneumonia o manteve afastado dos palcos por vários meses.

Horas antes de falecer, Juan Gabriel fez um show em Los Angeles, que veículos de comunicação locais destacam que foi vibrante e cheio de energia.

Mais Entretenimento