Topo

Música

George Michael morreu de "causas naturais", diz legista

07/03/2017 10h42

O cantor britânico George Michael, que morreu em 25 de dezembro do ano passado, morreu por "causas naturais", informou o juiz Darren Salter, a cargo do caso, nesta terça-feira.

O músico, encontrado sem vida dentro de casa na cidade de Goring-on-Thames, no condado inglês de Oxfordshire, por seu atual parceiro, o libanês Fadi Fawaz, morreu por uma "cardiomiopatia dilatada com miocardite", conforme os resultados dos novos testes feitos.

A primeira autópsia realizada em George Michael, em dezembro, deu resultados "não conclusivos", por isso novos testes foram solicitados.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!