Música

Diretor da Orquestra Filarmônica de Londres é acusado de abuso sexual

Reprodução
Charles Dutoit foi afastado do cargo de diretor da Orquestra Filarmônica de Londres após acusações de assédio Imagem: Reprodução

Londres (Reino Unido)

22/12/2017 19h10

O diretor artístico da Orquestra Filarmônica de Londres (RPO), Charles Dutoit, foi acusado de cometer abusos sexuais durante um período de 25 anos contra quatro artistas, confirmou nesta sexta-feira (22) a prestigiada instituição, que prescindiu da sua colaboração.

Em comunicado, a RPO afirmou que, após as acusações de "conduta inadequada" atribuídas ao diretor de orquestra, de 81 anos, decidiu "de maneira conjunta" deixar de contar com ele já "para o futuro imediato".

"Como conjunto internacional líder, a Orquestra Filarmônica está comprometida com os mais altos padrões de comportamento ético, o que espera de todos os que trabalham com a RPO", indica a nota.

A orquestra "leva muito a sério sua responsabilidade de manter um ambiente de trabalho seguro para todos os seus artistas, músicos e funcionários", acrescenta.

Sobre acusações das quatro mulheres contra o diretor suíço, ganhador de dois prêmios Grammy, a Filarmônica também aponta que "a verdade desse assunto deve ser determinada pelo processo legal".

"A ação imediata" adotada pela RPO dá tempo para que seja estabelecido, de "maneira clara", o ocorrido, explica o comunicado, que aponta que o diretor deve ter uma "oportunidade justa de procurar assessoramento jurídico e contestar as acusações".

O jornal britânico "The Guardian" indicou que, por conta dessas acusações, outras orquestras prestigiadas dispensaram os serviços de Dutoit, como a Sinfônica de São Francisco, Boston, Nova York, Chicago, Cleveland e Sydney.

Aparentemente, os supostos abusos aconteceram entre 1985 e 2010, período em que o diretor supostamente assediou em várias ocasiões essas quatro artistas, além de se comportar de maneira inadequada com elas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
EFE
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Chico Barney
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
Adriana de Barros
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo