Topo

Música

Madonna adia a estreia da nova turnê, que começa em Tel Aviv, em Israel

Universal Music/ EFE
Madonna em foto promocional do seu novo álbum "MDNA" Imagem: Universal Music/ EFE

Do UOL, em São Paulo

26/04/2012 11h58

A cantora Madonna cancelou seu primeiro show da nova turnê, em Tel Aviv, em Israel, que estava marcado para o dia 29 de maio, de acordo com o site oficial. A estreia mundial da turnê, desta forma, passa a ser no dia 31 de maio, na mesma cidade, no estádio Ramat Gan. Os fãs que já compraram os ingressos para a primeira data poderão utilizá-lo para ir ao show do dia 31.

Depois desta data, Madonna segue para Abu Dabi, Istambul e  para Zagreb, no dia 11 de junho. A cantora ainda se apresentará no verão europeu em 26 cidades, indicou a produtora Live Nation. Ela fará apresentações em Barcelona, Londres, Berlim, Amsterdã, Moscou e Oslo (nesta cidade no dia 15 de agosto, véspera de seu 54º aniversário).

Madonna cantará na França no dia 14 de julho, no Stade de France, e no dia 21 de agosto em Nice (sul do país). A rainha do pop voltará depois para os Estados Unidos para iniciar pela Filadélfia shows em 26 cidades, viajando em seguida para a América do Sul e a Austrália. Serão ao todo 90 shows.

Pelo Brasil, a turnê passará em dezembro. Três datas estão confirmadas: dia 1º no Rio de Janeiro, no Parque dos Atletas; dia 4 em São Paulo, no Estádio do Morumbi; e dia 9 em Porto Alegre, no Estádio Olímpico.

UOL analisa o DNA das novas músicas da Madonna; clique na imagem para ouvir

O novo disco

O novo disco de Madonna, intitulado "MDNA", foi lançado oficialmente no dia 26 de março e estreou em 1º nas paradas norte-americanas, à frente do novo trabalho de Lionel Richie. Mas depois de um lançamento promissor, o álbum protagonizou a maior queda de vendas de todos os tempos, segundo a revista "The Hollywood Reporter".

Na semana do lançamento, a última de março, o álbum vendeu 359 mil cópias, número que caiu para 46 mil na semana seguinte, registrando uma queda de 88%.
 
O título do álbum também provocou polêmica pelo trocadilho das inicias "MDNA", que poderiam aludir não somente ao nome da cantora, mas também à denominação em inglês do ecstasy (MDMA).