PUBLICIDADE
Topo

Rapper Adam Yauch, o MCA dos Beastie Boys, morre aos 47 anos

Adam Yauch, do Beastie Boys, posa para foto em Nova York (19/06/2008) - AP
Adam Yauch, do Beastie Boys, posa para foto em Nova York (19/06/2008) Imagem: AP

Do UOL, em São Paulo

04/05/2012 14h07Atualizada em 04/05/2012 16h17

O rapper Adam Yauch, o MCA dos Beastie Boys, morreu nesta sexta-feira (4), aos 47 anos, segundo confirmou o site oficial da banda. O músico travava uma batalha contra o câncer desde 2009. Yauch fundou os Beastie Boys, um dos maiores grupos de rap do mundo, em 1979 com Mike "Mike D" Diamond e Adam "Ad-Rock" Horowitz. Ele deixa a mulher Dechen e a filha Tenzin Losel.

Baixista dos Beastie Boys, Yauch foi diagnosticado em 2009 com um câncer em sua glândula salivar esquerda e um linfonodo adjacente, forçando o cancelamento de shows da banda e atrasando o lançamento do álbum "Hot Sauce Committee Part 1".

Ele passou por uma cirurgia e sua recuperação corria bem, mas no início do ano passado Yauch divulgou um comunicado numa lista de e-mail de fãs dos Beastie Boys negando que estaria completamente livre da doença e avisou que continuava em tratamento. 
 
"Embora eu esteja grato pela energia positiva que as pessoas me mandam, informações de que eu estaria totalmente livre do câncer são exagerados. Vou continuar o tratamento, permanecer otimista e espero me livrar do câncer num futuro próximo", disse Yauch na época. Ele também pedia a ajuda dos fãs para meditar contra a doença em todo o mundo.
 
Yauch também esteve fortemente envolvido no movimento para libertar o Tibete e ajudou a organizar os Tibetan Freedom Concerts no final da década de 1990. Em 2002, ele lançou a produtora de filmes Oscilloscope Laboratories. Yauch veio ao Brasil com os Beastie Boys em 2006, quando a banda se apresentou no extinto Tim Festival em Curitiba e no Rio de Janeiro. Em São Paulo, a banda esteve em 1995 no também extinto Olympia.
 
Novo álbum
Em abril do ano passado, os Beastie Boys liberaram na internet a íntegra do álbum "Hot Sauce Committee, Pt. 2". Originalmente chamado de "Hot Sauce Committee, Pt. 1", o trabalho estava previsto para ser lançado em setembro de 2009, mas foi adiado para que Yanch se afastasse para o tratamento contra o câncer.
 
O disco acabou sendo liberado na web um mês antes do previsto, que era 8 de maio de 2011. A decisão de disponibilizar o disco veio depois que as faixas começaram a circular pela web.

"Pessoas do bem, infelizmente, devido a circunstâncias fora do nosso controle, a versão 'limpa' do nosso novo álbum vazou. Por isso, como medida hostil e retaliatória, nós disponibilizamos a versão 'explícita' em nosso site. Esperamos que isso proporcione muita felicidade, abraços e harmonia", escreveu o grupo em comunicado divulgado no site da banda.
 
 

Punk no hip-hop
Os Beastie Boys começaram a carreira no início dos anos 1980 e se estabeleceram como precursores da mistura do rap com elementos do heavy metal e punk. Mike D, MCA e Ad Rock eram integrantes de bandas punk antes de formar o Beastie Boys, o que justifica os vocais gritados e a postura dos três no palco. 

A primeira grande turnê do trio aconteceu em 1985, quando o abriu shows de Madonna. Mas o maior feito da banda ficou por conta de seu primeiro disco, "Licensed to Ill", de 1986. Com samples de Led Zeppelin e Black Sabbath e letras sexistas e de humor negro, o disco se tornou o álbum de rap mais vendido dos anos 1980. 
 
Outro clássico na carreira do trio é o álbum "Check You Head", no qual deixaram de lado os samples e beterias eletrônicas, pegaram em instrumentos e gravaram canções com referências ao funk dos anos 1970. O grupo gravou oito discos de estúdio e venceu três Grammys, três MTV Video Music Awards e um MTV Europe Music Awards.