Topo

Música

Morre no Rio Vicente Amar, compositor da época de ouro do rádio

Do UOL, em São Paulo*

28/05/2012 10h31

Morreu no fim da noite deste domingo (27), no Hospital Procordis, em Niterói, no Rio, o compositor Vicente Fernando Vieira Ferreira, de 83 anos, conhecido como Vicente Amar.

Segundo informações do hospital, o músico estava internado havia 15 dias por problemas cardíacos e morreu às 23h30 do domingo.

O mineiro Vicente teve cerca de 50 músicas gravadas por vários cantores do rádio, entre eles Emilinha Borba, que gravou em 1953 sua primeira composição, o bolero "Segue teu destino", pela Continental.

Em 1955, o cantor Blecaute gravou o xote "Agarradinho", pela Copacabana, uma parceria dos dois. Já Francisco Carlos gravou o tango "Última taça", parceria de Amar com J. Vieira. Em 1957, Ângela Maria gravou "Chegou a escola" pela Copacabana, um samba em parceria com Milton de Oliveira e Rutinaldo.

Na década de 1960, obteve novos sucessos, como "Burrinha de mola", "Bangue-bangue no salão" e o samba "Time perna-de-pau", essa última regravada pelo grupo Demônios da Garoa.

(Com informações da Agência Estado)

 

Newsletters

Receba por email as principais notícias do UOL sem pagar nada.

Quero receber