PUBLICIDADE
Topo

Charlie Watts diz que vai precisar de distância dos membros do Rolling Stones após turnê

Foto dos Rolling Stones que estará na exposição "The Rolling Stones: 50", na Somerset House, em Londres - Reprodução
Foto dos Rolling Stones que estará na exposição "The Rolling Stones: 50", na Somerset House, em Londres Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

29/07/2012 13h13

Charlie Watts, baterista do Rolling Stones, falou em uma entrevista que após passar muito tempo na estrada ele precisa de um tempo longe de seus companheiros de banda por não suportá-los mais. As informações são do site NME, especializado em música.

"As turnês tem em média dois anos de duração, então eu estou vivendo com Ronnie Wood durante todo esse tempo? Eentão eu não preciso vê-lo por mais dois anos após parar de tocar", brincou Watts.

Charlie também revelou que acha difícil o Rolling Stones manter agendas agitadas como a banda tinha antigamente: "Em meados dos anos 60, as turnês passavam pela Inglaterra, América e voltávamos para a Europa".

"Nós vivíamos o tempo todo juntos, tínhamos um mês de folga, no máximo. Éramos jovens e sinceramente mais fotogênicos. Eu não acho que Keith gostaria que você o fotografasse às duas da manhã hoje em dia", brincou durante entrevista.

Ron Wood, guitarrista da banda, falou que os Stones voltariam a tocar em comemoração aos 50 anos da banda. Os detalhes da nova turnê ainda não foram divulgados.

RELEMBRE ESCÂNDALOS DA CARREIRA DOS STONES

  • Arte/UOL

    Infográfico lembra trajetória da banda