PUBLICIDADE
Topo

"Música não é meu hobby", diz ex-vocalista do A-Ha, que apresenta seu trabalho solo no Brasil

Morten Harket durante show de despedida do A-Ha no Credicard Hall, em São Paulo (10/03/2010) - Edu Garcia/UOL
Morten Harket durante show de despedida do A-Ha no Credicard Hall, em São Paulo (10/03/2010) Imagem: Edu Garcia/UOL

Letícia Mendes

Do UOL, em São Paulo

22/09/2012 07h00

O músico norueguês ex-vocalista do A-Ha, Morten Harket, chega ao Brasil para divulgar seu novo trabalho em carreira solo, o álbum “Out of My Hands”, em shows que acontecem no Rio de Janeiro neste sábado (22), em Belo Horizonte, neste domingo (23), e, em São Paulo, no dia 26.

A última vez que Harket se apresentou no país foi em 2010, com a turnê de despedida da banda A-Ha. Em entrevista ao UOL, o cantor elogiou o público brasileiro, chamando de “muito caloroso”. “Sempre foi um prazer ir para o Brasil. Tenho um longo relacionamento com o país”.

O cantor diz que já é esperado que os fãs do A-Ha estejam na plateia de seus shows. “Meu público de hoje é praticamente o mesmo que estaria no A-Ha porque as pessoas me conhecem e sabem o que eu estou fazendo agora por causa do A-Ha”.

“Out of My Hands” traz as participações de alguns artistas, como The Pet Shop Boys, que gravou “Listening”, e também composições de músicos escandinavos, com canções norueguesas e suecas. À frente do A-Ha de 1982 até 2010, com um único intervalo de quatro anos neste período, Harket, conta que fez o disco porque não queria ficar desocupado.

“O processo do novo álbum começou porque eu não queria fazer um intervalo e ficar muito tempo sem fazer música. Logo depois que o A-Ha terminou, eu tirei uma pequena folga e percebi que esse era o melhor momento para trabalhar. Se você para e tira uma folga muito longa, demora mais para voltar ao mercado. De 2008 a 2010, fiz várias coisas com o A-Ha. Eu quis pegar a energia desse momento para entrar em um novo projeto e me colocar de alma nisso, para achar e escrever material para um novo álbum”.

“Out of My Hands” é o quinto disco solo do cantor, que já lançou “Poetens Evangelium” (1993), “Wild Seeds” (1995), “Vogts Villa” (1996) e “Letters From Egypt” (2008).

Harket afirma que não são tantas as diferenças entre trabalhar sozinho e com uma banda. “Eu também era livre no A-Ha para trabalhar com o que acreditava. Meu papel na banda era apoiar um produto musical que eu achasse forte o suficiente. No projeto solo, você não está realmente sozinho. Eu trabalho com muitas pessoas que estão envolvidas no processo de gravação do álbum. No A-Ha também tinha muita gente envolvida, mas, artisticamente, eu era o responsável pelo produto final”, conta.

Mesmo sendo um dos maiores nomes da música mundial, Morten Harket declarou ao UOL que música não é seu hobby. “Eu realmente não ouço música. Eu uso mais a música para me comunicar como artista, mostrar o que eu sou. Não uso como uma influência, não importa se é americana, inglesa, brasileira, africana. Minha música é natural. Eu sou influenciado pela vida, pela política, pela relação entre homem e natureza”.

Harket diz que escuta e certamente gosta de música, mas não se envolve no que está acontecendo no cenário musical de hoje. “Eu não tenho um estilo musical preferido. Quando eu era adolescente, eu escutava algumas bandas, mas quando o A-Ha começou, eu parei de prestar um pouco atenção”.

Serviço
Morten Harket no Rio de Janeiro
Quando: 22 de setembro (sábado), às 22h
Onde: Citibank Hall (Av. Ayrton Senna, 3000 - Shopping Via Parque - Barra da Tijuca)
Quanto: De R$ 160 a R$ 200

Morten Harket em Belo Horizonte
Quando: 23 de setembro (domingo), às 21h
Onde: Chevrolet Hall (Av. Nossa Senhora do Carmo, 230 – Savassi – Belo Horizonte)
Quanto: De R$ 150 a R$ 250

Morten Harket em São Paulo
Quando: 26 de setembro (quarta-feira), às 21h30
Onde: Credicard Hall (Av. das Nações Unidas, 17.955 - Santo Amaro)
Quanto: De R$ 180 a R$ 280
Mais informações: www.ticketsforfun.com.br