PUBLICIDADE
Topo

Pianista norte-americano Van Cliburn morre aos 78 nos EUA

27.fev.2013 - O pianista Van Cliburn morre aos 78 anos nos Estados Unidos - Getty Images
27.fev.2013 - O pianista Van Cliburn morre aos 78 anos nos Estados Unidos Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

27/02/2013 15h18

O pianista Van Cliburn, que virou sensação nos Estados Unidos durante a Guerra Fria, morreu aos 78 anos em sua residência em Fort Worth. As informações são do site do jornal "The New York Times" nesta quarta-feira (27).

Diagnosticado com um câncer ósseo em estágio avançado desde agosto de 2012, o músico permanecia sob observação médica por conta da doença.

Famoso durante a década de 1950, quando ganhou o Campeonato Internacional Tchaikovsky com apenas 23 anos de idade, Van Cliburn foi recebido com uma parada em Nova York ao retornar da Rússia. Capa da revista "Time", o pianista impressionou o público russo com suas interpretações da Rachmaninoff.

Nos anos seguintes, sua popularidade aumentou. O jovem nascido no estado norte-americano do Texas fez concertos com ingressos esgotados, quebrou recordes de vendas e causou tumultos quando apareceu em público. As inúmeras turnês o deixaram esgotado e em 1978 ele fez uma pausa na carreira e só voltou a se apresentar em 1980.

Cliburn se apresentou para todos os presidentes desde Harry Truman, e por muitos anos dedicou seu tempo para o Concurso Internacional de Piano Van Cliburn, realizado a cada quatro anos. Pelas conquistas na carreira, Cliburn ganhou um Grammy, em 2004, e foi presenteado com a Medalha Presidencial da Liberdade em 2003.