PUBLICIDADE
Topo

Projeto VIVA Tom Jobim terá shows gratuitos com Vanessa da Mata

27.fev.2013 Vanessa da Mata será a intéprete do projeto VIVA Tom Jobim - Agnews
27.fev.2013 Vanessa da Mata será a intéprete do projeto VIVA Tom Jobim Imagem: Agnews

Thais Carvalho

Do UOL, em São Paulo

27/02/2013 11h03

 

Tom Jobim será homenageado em uma série de shows neste ano. O Projeto VIVA Tom, promovido pela Nívea, foi anunciado nesta quarta-feira (27) no Museu da Imagem e do Som, na zona sul de São Paulo, e vai celebrar os 50 anos do primeiro disco solo de Tom, gravado nos Estados Unidos: “The Composer of Desafinado, Plays”. Vanessa da Mata será intérprete das canções do compositor.

A turnê terá início com show fechado para convidados no Rio de Janeiro, onde será realizada também a última apresentação, e depois seguirá para Salvador, Recife, Brasília, Porto Alegre e São Paulo, entre abril e junho. Em breve, datas e locais serão anunciados.

A direção artística fica, mais uma vez, a cargo de Monique Gardenberg. No ano passado, Maria Rita foi a responsável por apresentar o repertório de sua mãe, Elis Regina.

Para Vanessa da Mata, ter sido convidada foi uma honra, já que se considera uma cantora influenciada diretamente pela obra "curativa" de Tom Jobim. "Foi um grande presente. Tenho uma relação com Tom desde que me foi possível, quando a televisão chegou na minha cidade do interior do Mato Grosso.  Acho as canções dele curativas e sei da importância de Tom, não só para mim como para todos", disse.

Além da parceria com o produtor musical da cantora, Kassin, o projeto terá a colaboração do arranjador Eumir Deodato, que virá de Nova York especialmente para trabalhar no tributo.

Sobre o repertório, Vanessa disse ser a parte mais difícil da preparação.

  • Ana Jobim, viúva do compositor, esteve na coletiva de apresentação do projeto que homenageia o marido

"Começamos com 140 músicas, selecionamos 60, depois 30. Hoje temos 25 selecionadas e ainda temos que tirar duas ou três para ter um show com bis e que deixe o público saciado. É um parto ver todas as músicas que não vão entrar. Eu já parei de olhar (risos)", explicou.

A viúva do maestro da MPB, Ana Jobim, falou emocionada sobre a homenagem.

"Estou muito feliz com essa nova homenagem. É uma responsabilidade muito grande lidar com esse legado. Antes tudo girava em torno dele e agora cabe a nós saber cuidar com todo respeito do que ele deixou", pontuou.

Em 2012, quando o projeto Nívea VIVA começou, a homenageada foi Elis Regina. Os shows, que aconteceram em cinco capitais, Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte e Recife, foram comandados pela filha da cantora, Maria Rita.