PUBLICIDADE
Topo

Cantor country George Jones morre aos 81 anos

O cantor George Jones em festa dos seus 80 anos de idade em Nashville, no Tennessee.  - Rick Diamond/Getty Images
O cantor George Jones em festa dos seus 80 anos de idade em Nashville, no Tennessee. Imagem: Rick Diamond/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

26/04/2013 11h24

O cantor de country music norte-americano George Jones morreu nesta sexta-feira (26) aos 81 anos.

Segundo o site TMZ, ele havia sido hospitalizado na quinta no Vanderbilt University Medical Center em Nashville, no Tennessee, com febre e pressão arterial irregular. A causa da morte ainda não foi divulgada, de acordo com o veículo.

O site afirma também que Jones estava no meio de uma turnê, que estava programada para ser a sua última, e que vários shows já haviam sido cancelados.

Nascido em 1931 em Saragota, no Texas, o cantor era conhecido como "The Possum" e chegou também a criar a fama de faltar a vários shows, ganhando o apelido de "No-Show Jones".

Ele atingiu o número um das paradas em cinco décadas, dos anos 1950 aos 1990, e tinha entre seus fãs pessoas como Frank Sinatra, Pete Townshend, Elvis Costello e James Taylor. Um de seus maiores sucessos foi a música "He Stopped Loving Her Today".

O site oficial do cantor afirma que Frank Sinatra chegou a referir-se a Jones como "o segundo melhor cantor da América” e Keith Richards disse que ele era "um tesouro nacional, que deve ser tratado de forma correspondente".

Ele fugiu de casa aos 14 anos e se casou aos 20, mas se divorciou um ano depois. Em 1954 casou-se com Shirley Ann Corley e em 1968 o casal separou-se.

Conheceu em seguida a cantora e compositora Tammy Wynette, com quem se casou em 1969 e manteve uma parceria musical por anos. Mesmo após o divórcio, em 1974, eles continuaram trabalhando juntos até 1980.

Em 1983, ele se casou com Nancy Sepulvedo, sua última esposa.

Segundo o TMZ, o melodrama em suas músicas era muitas vezes imitado em sua vida pessoal, bem reproduzida em tabloides por temas como bebida, romances turbulentos e ataques de raiva. O veículo lembra também que ele quase morreu em um acidente de carro em 1999.

Jones entrou para o Country Music Hall of Fame em 1992. Dez anos antes, ele havia ganho a Medalha Nacional das Artes do presidente. Ele deixa quatro filhos e Nancy, com quem foi casado por 30 anos.