Topo

Música


Internado na UTI, cantor Netinho sofre novo derrame e é operado

Do UOL, em São Paulo

30/05/2013 05h49Atualizada em 30/05/2013 20h35

O cantor Netinho sofreu um novo derrame na noite desta quarta-feira (29). De acordo com boletim médico emitido pelo Hospital Sírio Libanês de São Paulo, onde o cantor está internado, Netinho "apresentou uma nova e pequena hemorragia cerebral e obstrução do fluxo de líquor".

Um novo cateter foi instalado para drenagem e monitorização da pressão intracraniana. Ainda de acordo com o boletim, Netinho encontra-se acordado e obedecendo a estímulos verbais após o procedimento. Ainda não há previsão de alta.

Trata-se da segunda hemorragia que o cantor sofreu em menos de uma semana. Na manhã desta quinta, segundo informações da TV Globo, Netinho voltou a respirar com a ajuda de aparelhos e foi sedado.

Anabolizantes

De acordo com especialistas entrevistados pelo "Fantástico", da Globo, Netinho pode ter feito uso de anabolizantes que prejudicaram sua saúde. Segundo Jorge Bastos, cirurgião do cantor, há "prescrições médicas, de médicos fora da Bahia", com produtos do tipo direcionados ao artista.

Para Bastos, "é provável que tenha [havido] o uso de algum medicamento que inclusive já havia sido prescrito para ele para estimular o crescimento muscular, como hormônios anabolizantes. Várias substâncias que são utilizadas para a fisicultura. E eventualmente algumas que são utilizadas também supostamente para reverter ou deter o envelhecimento".

Internação em Salvador
No dia 18 de abril, Netinho foi internado no Hospital Aliança, em Salvador, com psoíte (inflamação do músculo psoas), após sentir fortes dores na coxa durante um ensaio com a banda, e foi liberado no dia seguinte. No entanto, as fortes dores passaram para o abdômen e foi constatado que uma artéria havia estourado. Netinho passou por uma cirurgia, na qual foi descoberto um tumor benigno no fígado.

Desde então, o cantor permaneceu internado na UTI para "observação e precaução", segundo a assessoria de imprensa. Ele chegou a ser transferido para um quarto, mas um quadro infeccioso causou uma nova hemorragia e ele voltou para a UTI, dessa vez em estado grave e respirando com a ajuda de aparelhos. Na madrugada do dia 10 de maio, Netinho foi transferido para o hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.