Topo

Música

Funkeiro MC Daleste morre após levar tiro em show; fã registra momento em vídeo

Reprodução/Facebook
O funkeiro Mc Daleste chegou a ser socorrido, mas morreu na madrugada deste domingo (7) Imagem: Reprodução/Facebook

Mariane Zendron

Do UOL, em São Paulo e em Campinas

07/07/2013 09h42Atualizada em 08/07/2013 10h28

O funkeiro Daniel Pellegrine, de 20 anos, mais conhecido como MC Daleste, morreu após levar um tiro durante um show realizado em Campinas (SP), na noite deste sábado (6). O caso está sendo investigado como homicídio simples pelo 4º Distrito Policial de Campinas. Até as 13h15 deste domingo (7) a polícia ainda não tinha pistas do criminoso. 

De acordo com a Polícia Militar, o funkeiro fazia um show em uma festa julina no CDHU do bairro de San Martin quando foi atingido. Mais de 5 mil pessoas acompanhavam o show. 

A vítima chegou a ser socorrida e levada para o Hospital Municipal de Paulínia. Ao UOL, a instituição informou que a bala atingiu o tórax do cantor. Ele chegou a ser levado para o centro cirúrgico, mas morreu à 0h55. 

O corpo já foi encaminhado para o IML de Campinas e será sepultado em São Paulo. O enterro será realizado no Cemitério da Vila Formosa, às 9h, desta segunda-feira. O corpo também será velado no local a partir das 15h deste domingo. 

Um fã que estava na plateia registrou o momento em que ele foi baleado e publicou o vídeo na internet. Glauco Gabriel, que é indicado nas redes sociais como produtor de MC Daleste, confirmou a morte pelo Twitter do músico. "Infelizmente, ele se foi e está junto a Deus e a mãe dele".

Daleste faz parte do grupo de funkeiros que canta "funk ostentação" ou "funk paulista", em que temas de preocupação social dão lugar a letras sobre dinheiro, marcas de roupa, carros, bebidas, joias e mulheres. O funkeiro cantava os hits "Gosto Mais do que Lasanha" e "Mais Amor Menos Recalque", esse último já foi reproduzido mais de 1 milhão e 600 mil vezes no YouTube. 

A produtora Paula Lavigne comentou o caso em seu Twitter. Disse que espera que quem fez isso seja preso e que está chocada. 

O MC Guimê, conhecido pelo hit "Plaquê de 100", também fez sua homenagem a Daleste pelo Twitter.