PUBLICIDADE
Topo

Pianista de jazz inglesa Marian McPartland morre aos 95 anos

A pianista de jazz inglesa Marian McPartland, que durante 32 anos apresentou o programa ?Piano Jazz?, na americana National Public Radio - 19.mar.2008 - Seth Wenig/AP
A pianista de jazz inglesa Marian McPartland, que durante 32 anos apresentou o programa ?Piano Jazz?, na americana National Public Radio Imagem: 19.mar.2008 - Seth Wenig/AP

Do UOL, de São Paulo

21/08/2013 13h52

A pianista de jazz inglesa Marian McPartland, que durante 32 anos apresentou o popular programa “Piano Jazz”, na americana National Public Radio, morreu nesta segunda-feira (20) nos Estados Unidos, aos 95 anos.

Marian, que trabalhou na emissora pública americana de 1979 a 2011, morreu de causas naturais, informou a porta-voz da rádio.

Em mais de seis décadas de carreira, ela se tornou uma personalidade das transmissões nos EUA. Bem humorada, recusava a ideia da aposentadoria, mesmo com a idade avançada.

“Aposentar? Por aposentar? Eu tenho um trabalho, estou ganhando dinheiro, e gosto do que eu faço. Por que me aposentar?" , indagou ela em 2007, aos 89 anos, em entrevista à agência Associated Press. "Acho que vou saltar de um bolo, ou algo assim."

Marian McPartland nasceu em Slough, no sul da Grã-Bretanha, em 1918. Logo tomou gosto pela música erudita e, especialmente, pelo jazz. Durante a Segunda Guerra Mundial, chegou a excursiosar pela Europa com o quarteto do pianista Billy Mayerl, entretendo os soltados aliados.

Mudou-se para os EUA em 1946, quando teve de enfrentar a desconfiança da crítica, que não viu com bons olhos a presença de uma mulher inglesa - e branca - na cena jazzística do país.

Nos anos 1950, começou a receber reconhecimento, tocando com seu próprio trio no clube de jazz novaiorquino Hickory House, além de diversificar seu trabalho. Também dava aulas em escolas e universidades, e escrevia para as revistas Down Beat e Melody Maker.

Em 1958, esteve entre os 57 músicos de jazz fotografados por Art Kane na famosa fotografia “A Great Day in Harlem”.

Recebeu o convite para trabalhar no rádio no final dos anos 1970, e fez sua estreia em 1979. O formato era simples: entrevistas informais com músicos intercaladas a duetos improvisados.

O “Piano Jazz” se tornaria um dos programas mais populares do estilo nos Estados Unidos. Mary Lou Williams, Oscar Peterson, Bill Evans, Dizzy Gillespie, Henry Mancini, Cecil Taylor, Frank Zappa, entre outros, foram entrevistados por Ms. McPartland.