PUBLICIDADE
Topo

No 2º dia, fãs do Muse e do Capital já aguardam abertura dos portões

Carla Neves

Do UOL, no Rio

14/09/2013 10h23

No segundo dia do "Rock in Rio", o público já faz fila no portão principal do festival, que só abre a partir das 14h. Fã da banda Capital Inicial, o estudante de direito de Brasília Gabriel dos Santos, de 20 anos, foi o primeiro a chegar. Nem o sol forte foi capaz de fazer o rapaz abandonar o seu posto. Tanto que ele montou uma barraca no local.

Especiais Rock in Rio

  • Almanaque revê festival em fotos e vídeos

  • Teste o quanto você sabe sobre as bandas do festival

  • Duelo: qual é a melhor banda do Rock in Rio? Vote!

"Na verdade, cheguei na fila ontem às 22h30. Estou revezando a barraca com três meninas de Belo Horizonte e uma do Rio", contou Gabriel, que está usando banheiros químicos e uma vala na comunidade no entorno da fila para fazer suas necessidades. "A vala custa dois reais", acrescentou.

Gabriel disse que semana que vem fará o mesmo. "Na próxima semana venho quinta, sexta e domingo. Vou para Brasília na segunda e volto para cá na quarta. Quero estar com tudo no show do Metallica", afirmou.

Diretores do fã clube oficial do Capital Inicial, o auxiliar administrativo Vander Oliveira, de 30 anos, e o técnico em segurança Pablo Chaves, de 33, também já aguardam na fila pela abertura dos portões.

"Acabamos de chegar. A expectativa para hoje é de um show bem executado porque eles ensaiaram bastante", disse Pablo, que chegou carregando uma sacola cheia de biscoitos e um protetor solar.


Fãs da banda Muse, última a se apresentar neste sábado (14), também já esperam animados na fila pelo show desta noite.

Especiais do Rock in Rio

  • FotoRioNews

    Famosos assistem aos shows

  • AgNews

    Relembre os maiores babados do festival do evento

  • Reprodução

    Os 5 + contrangedores momentos

O estudante e professor de inglês de João Pessoa Lucas Marinho, de 16 anos, é um deles. Acompanhado de outros amigos, também fãs do grupo , o rapaz contou como todos de conheceram.

"Nos conhecemos pela internet. A gente se conhecia virtualmente há anos. Mas tem gente que está se vendo pessoalmente pela primeira vez hoje", afirmou;

Integrante do grupo de amigos e fãs do Muse, o Patota Muser, o estudante Higor Bittencourt confessou estar ansioso para o show desta noite.

"A banda quase nunca vem ao Brasil. Vai ser a coisa mais épica da vida da gente. É a melhor banda ao vivo da atualidade", elogiou.

O grupo de fãs ainda tem integrantes de Curitiba, Manaus, Rio de Janeiro e São Paulo.