PUBLICIDADE
Topo

Membro de banda indie mata três colegas e se suicida em Nova York

Banda iraniana Yellow Dogs em NY - Reprodução
Banda iraniana Yellow Dogs em NY Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo*

11/11/2013 14h48

Um homem abriu fogo e matou três pessoas no bairro do Brooklyn, em Nova York. Todos os envolvidos -- o criminoso e as vítimas -- eram membros de uma mesma banda de indie rock, a Yellow Dogs, segundo informações do site do jornal "NY Post" e da agência AFP. Em seguida, ele se matou.

De acordo com a publicação, o músico ficou furioso depois de ter sido expulso da banda, armou-se com um rifle militar e foi ao local onde se acredita que as vítimas moravam. O crime aconteceu no início da madrugada deste segunda-feira (11).

Uma pessoa que estava em frente ao prédio foi ferida pelo rifle e duas, que estavam no primeiro andar, foram mortas na hora. A terceira vítima estava em sua cama, no terceiro andar.

Depois disso, segundo o relato da polícia local, o homem foi até o telhado do prédio e atirou nele mesmo. De acordo com a força policial, a banda era composta por iranianos que moravam nos Estados Unidos há algum tempo e procuravam asilo no país.

A banda estrelou o documentário "No One Knows About Persian Cats", que ganhou prêmio em Cannes.

Um vizinho, identificado apenas como Frank, afirmou ao "NY Post" que havia muitas festas no local, inclusive uma com cerca de mil pessoas.

Na página do Facebook do Yellow Dogs, várias pessoas deixaram mensagens de condolências na manhã desta segunda-feira.

"Horrível o que ocorreu com eles. RIP", escreveu, por exemplo, Roberta Rodriguez. "Uma verdadeira tragédia. Descansem em paz, meninos", afirmou James Goodall.

*Com informações da AFP