Topo

Música

Carioca faz vídeo em homenagem à Ivete e vai parar no trio da cantora

Rafael Godinho

Do UOL, no Rio

02/03/2014 21h23

Fã de Ivete Sangalo, o carioca Renan Pitanga, de 21 anos, jamais imaginou que fosse ser convidado para curtir o Carnaval de Salvador em cima do trio elétrico de sua ídola baiana. Até o dia em que o cantor, que fez um videoclipe em homenagem à musa do axé e publicou na internet, recebeu uma mensagem de Carol Sangalo, prima de Ivete, o chamando para ir para à Bahia conhecê-la. “Eu respondi que claro. Comprei a passagem e fui me hospedar com um grupo de amigos que já estavam em uma casa em Guarajuba, cidade próxima a Salvador”, conta.

  • Divulgação

    Renan Pitanga em cima do trio de Ivete Sangalo

Na noite do último sábado (1), Renan realizou o seu sonho de acompanhar Ivete de pertinho no Circuito Dodô (Barra). Empolgado com a oportunidade, o rapaz disse que a cantora o reconheceu e o cumprimentou assim que ela o viu no automóvel: “Ela foi muito querida. Mandou-me beijo e tal, apesar de não ter dado tempo de sermos oficialmente apresentados. A produção dela me pediu desculpas e disse que quando tiver show dela no Rio eu terei um encontro com ela no camarim”.

Ivete Sangalo e Lulu Santos elogiam vídeos de Renan Pitanga na internet

Além do medley em homenagem à Ivete Sangalo, Renan Pitanga também faz vídeos cantando músicas de artistas internacionais, como Bruno Mars e Rihanna. Sucesso nas redes sociais, os videoclipes produzidos pelo carioca foram visualizados por mais de 300 mil pessoas no Youtube e acabaram chegando até os seus ídolos na internet. No Twitter, o cantor recebeu elogios de Ivete Sangalo e Lulu Santos, que fez questão de mandar um kit com CD e DVD autografados para Renan.

  • Reprodução
  • Reprodução

Em conversa com o UOL, Renan contou que os seus vídeos são produzidos e editados por ele mesmo. "Dá muito trabalho, mas vale a pena. No da Ivete eu fiquei mais de um mês trabalhando na edição. A fase de gravação é mais rápida. A família toda se movimenta para me ajudar com o cenário, que é a sala da minha casa. Tive que arrastar todos os móveis e furar a parede da minha mãe inteira para pendurar o pano preto que faz o fundo do clipe", explica.