Topo

Música


Lollapalooza 2014 vai para o Autódromo de Interlagos, mas derrapa na curva

José Norberto Flesch

Do UOL, em São Paulo

2014-04-06T08:00:00

06/04/2014 08h00

O Lollapalooza foi para o Autódromo e cruzou a linha de chegada, mas derrapou na curva. A mudança do Jockey Club de São Paulo para Interlagos tirou do público a opção de fazer bom proveito do ingresso comprado, podendo assistir a diversos shows. Apostou-se no tamanho e chegou-se ao exagero.

A programação também não deixou respiros, piorando a situação. O que se viu no primeiro dia de festival, neste sábado (5), foi um show colado no outro, mas em locais que ficavam muito distantes uns dos outros. O jeito foi escolher um artista, posicionar-se próximo ao palco onde ele tocaria, assistir ao show e esquecer o resto. Ou ver um pedaço de cada um, com (muita) sorte.

No Jockey era possível sair de um palco ao outro perdendo, no máximo, dez minutos de um show. O público foi avisado das novas circunstâncias, mas quando a produção foi exibir sua nova máquina, esqueceu de revisar os freios. Uma coisa é apresentar um projeto no papel, outra é observa-lo funcionando.

Se, por exemplo, o tempo calculado para ir de um palco a outro já era grande, ficou maior ainda com 80 mil pessoas circulando. O acesso ao palco Ônix, por exemplo, só era possível atravessando as longas filas que o público fazia para comprar comida e bebida.

Por outro lado, tais distâncias fizeram com que um problema comum em festivais no Brasil fosse eliminado: não houve vazamento de som de um palco para outro, exceto em desajustes como no show do Muse, que estava tao baixo lá no fundão, que era possível ouvir o Disclosure tocando no palco Interlagos, nada perto dali.

O risco de levar o Lollapalooza para um local com histórico de eventos não-automobilísticos problemáticos, como o tumultuado show do Iron Maiden em 2009, contou com a sorte de não ter chovido. Fica difícil imaginar aquele povo todo descendo barrancos de lama para ver seus ídolos.

Outros problemas comuns, como filas para ir ao banheiro, não foram resolvidos, mas ao menos não tomaram a mesma dimensão gigantesca do novo local do Lollapalooza.

Relações perigosas

Confira as ligações entre grupos do Lollapalooza e por que vale a pena ver cada um no festival

Clique para ver