Topo

Música


Prêmio da Música Brasileira homenageia Jair Rodrigues, Dominguinhos e Rossi

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

2014-05-14T22:25:25

2014-05-15T10:24:35

14/05/2014 22h25Atualizada em 15/05/2014 10h24

O 25º Prêmio da Música Brasileira, que acontece nesta quarta-feira (14), no Theatro Municipal do Rio, homenageou os cantores que morreram no último ano Jair Rodrigues, Reginaldo Rossi e Dominguinhos, e premiou medalhões como Gal Costa (cantora pop e rock), Maria Bethânia (cantora MPB) e Milton Nascimento (cantor MPB). Ney Matogrosso foi um dos destaques da premiação, ao vencer como melhor cantor e melhor álbum (com "Atento aos Sinais") de rock e pop.

Para simbolizar a homenagem às perdas na música, o evento transmitiu uma participação antiga de Jair no prêmio. No vídeo, ele dizia que aquela noite era a mais feliz de sua vida. O cantor morreu na última quinta-feira (8), aos 75 anos, em sua casa em Cotia, na Grande São Paulo. De acordo com o IML (Instituto Médico Legal), a causa da morte foi um infarto do miocárdio.

Em seguida, Gilberto Gil e Mariene de Castro cantaram a música "É Luxo Só", conhecida na voz de João Gilberto. Com apresentação de Camila Pitanga e Mateus Solano, a premiação incentivou a descoberta de talentos e homenageou o centenário do samba.

"Nem sempre o samba foi recebido pela porta da frente do Theatro Municipal", disse Solano, antes de anunciar os convidados especiais Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz e Almir Guineto. Eles interpretaram ao vivo as músicas  "Dor de Amor", " Pedi ao Céu" e "Vai Vadiar".

Sendo assim, o grande vencedor da noite foi o veterano Wilson das Neves, que ganhou nas categorias melhor álbum de samba (com "Se Me Chamar, Ô Sorte") e melhor canção do ano ("Samba Para João").

Alcione e Zeca Pagodinho receberam a premiação de melhor cantora e cantor, respectivamente, na categoria "Samba". Já, na categoria "MPB", Maria Bethânia recebeu o prêmio pela 21a. vez e participou do evento cantando as músicas "Santo Amaro ê ê", "Quixabeira", "Reconvexo", "Minha Senhora" e "Viola Meu Bem".

As cantoras Leci Brandão e Fabiana Cozza, que representaram autores e intérpretes de São Paulo, reviveram os hits "Chorei" (Paulo Cesar Pinheiro e Eduardo Gudin), "Saudosa Maloca" (Adoniran Barbosa) e "Volta por Cima"(Paulinho Vanzolini) em homenagem a eles.

Na categoria "Canção Popular", o melhor álbum foi "Reencontro", de Cauby Peixoto e Ângela Maria. Já a melhor dupla foi para Chitãozinho e Xororó e o melhor grupo Monobloco.

Péricles e Angelique Kiojo também estiveram no palco da premiação. Para encerrar as participações especiais, Paulinho da Viola interpretou as canções "Onde a Dor Não Tem Razão", "Timoneiro" e "Foi um Rio que Passou Em Minha Vida", que contou com as sonoridades de Hamilton de Holanda e da bateria da Portela.

Veja a lista de ganhadores:

Categoria "Canção Popular"
Melhor álbum
"Reencontro", de Cauby Peixoto e Angela Maria
Melhor dupla Chitãozinho e Xororó
Melhor cantor Cauby Peixoto
Melhor cantora Angela Maria

Projeto especial "Caymmi", de Nana, Dori e Danilo Caymmi
Álbum eletrônico  Carnaval beat club vol 1
Álbum erudito  Heitor Villa Lobos - sinfonia número 6 e 7
Infantil  Arca de Noé
Língua estrangeira - Canta Billie Holiday in Rio - Leila Maria

Categoria regional
Melhor álbum  Zulusa de Patricia Bastos
Melhor dupla  Caju e Castanha
Melhor grupo  Quinteto violado
Melhor cantor - Sergio Reis
Melhor cantora - Patricia Bastos

Categoria instrumental
Melhor álbum Mundo de Pixinguinha de Hamilton de Holanda
Melhor solista  Hamilton de Holanda
Melhor grupo  Spokfrevo Orquestra

Categoria projeto visual e arranjador
Projeto visual  Adriana Calcanhoto e Fernanda Villa Lobos - Arca de Noé 
Arranjador Gilson Peranzatta

Categoria MPB
Melhor álbum  Edu Lobo e Metropole Orkest
Melhor grupo  Boca Livre
Melhor cantor  Milton Nascimento
Melhor cantora  Maria Bethania

Categoria samba
Melhor álbum "Se me chamar, ô sorte", de Wilson das Neves
Melhor grupo  Sururu na roda
Melhor cantor  Zeca Pagodinho
Melhor cantora  Alcione

Categoria pop, rock,  reggae hip hop, funk
Melhor álbum "Atento aos Sinais", de Ney Matogrosso
Melhor grupo Passo Torto
Melhor cantor Ney Matogrosso
Melhor cantora Gal Costa, representada por Moreno Veloso 

Revelação Bixiga 70

Canção ”Samba para João”, de Wilson das Neves

DVD “Criolo & Emicida Ao Vivo”, com Criolo e Emicida

Instrumental:
Álbum “Mundo de Pixinguinha”, de Hamilton de Holanda
Solista Hamilton de Holanda
Grupo SpokFrevo Orquestra

Arranjador Gilson Peranzzetta