Topo

Música

Ao alfinetar festival, Bruce Dickinson critica o punk: "Era um lixo"

Do UOL, em São Paulo

25/06/2014 12h40

Vocalista do Iron Maiden, Bruce Dickinson cutucou os colegas do punk em recente entrevista ao “The Guardian” e afirmou que o mais próximo que a arte, como instituição, chegou do metal foi através do punk.

"A razão pela qual eles abraçaram o punk foi porque o punk era um lixo e a razão de se abraçar lixo foi porque eles poderiam controlá-lo", disse Dickinson.

"Metade das crianças que estavam em bandas punks estavam rindo do estabelecimento da arte. Mas o que eles realmente gostam de fazer é estar em uma banda de heavy metal cercado por estrelas pornôs", alfinetou. 

A comparação surgiu quando Dickinson comentou, mais uma vez, sobre o festival inglês Glastonbury, que terá, pela primeira vez, uma banda de heavy metal (Metallica) como sua principal atração. O anúncio gerou críticas dos frequentadores do evento, que não reconhecem o Metallica como uma atração no estilo do festival, e de outras bandas e fãs do metal.

“Vamos deixar a classe média para fazer Glastonbury e o resto do povão vai levantar acampamento para Knebworth e beber muita cerveja e se divertir", disse ele.

Ao "Telegraph", na semana passada, Dickinson já havia disparado críticas ao festival. "Agora, é a coisa mais burguesa do planeta. Qualquer lugar onde [a atriz] Gwyneth Paltrow vá e você possa ficar em uma tenda com ar-condicionado não é para mim".
 


 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!