Topo

Música


Morre o sertanejo Goiano, da dupla com Paranaense, aos 54 anos

Reprodução/Facebook
Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

19/07/2014 08h46

O cantor sertanejo de raiz Valdomiro Neres Ferreira, mais conhecido como Goiano, morreu na tarde desta sexta-feira (18), às 17h, vítima de problemas no fígado, na cidade de Pinhalzinho, no interior de São Paulo. A informação foi confirmada pela mulher do músico, Juliana de Souza, que estava inconsolável.

"Ele bebia demais e acabou acontecendo isso", limitou-se a dizer para a reportagem do UOL.

Natural da cidade Sítio d'Abadia, no interior de Goiás, ele morava em uma chácara em Pinhalzinho, a 114km da capital paulista, onde está sendo velado, e será enterrado neste sábado (19), às 15h. 

O cantor César Menotti prestou sua homenagem através do Instagram pela morte do amigo. "Mais uma viola se cala, música de raiz está mais pobre. Perdemos o Goiano, um grande artista, violeiro que tive a honra de ser amigo. Luto", escreveu ele.

Goiano começou sua carreira em 1978, ao lado de Valdo da Viola, quando formaram a dupla Neres e Nerinho. Os dois não chegaram a gravar nenhum disco e Goiano se juntou ao músico João Roberto Alonso e formaram a dupla Goiano e Paranaense.

O sertanejo deixa cinco filhos Dáblio, Leonardo, Carolina, João e Maria.

Música