Topo

Música


Baixista e fundador do Jethro Tull, Glenn Cornick morre aos 67 anos

Músico Glenn Cornick, baixista da formação original da banda Jethro Tull,  - Divulgação
Músico Glenn Cornick, baixista da formação original da banda Jethro Tull, Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

01/09/2014 11h48

Baixista da formação original da banda Jethro Tull, o músico Glenn Cornick morreu aos 67 anos em sua casa em Hilo, no Havaí, na última sexta-feira (29).  Segundo a revista “Billboard”, o músico sofria de insuficiência cardíaca congestiva e vinha recebendo cuidados paliativos.

Cornick foi um dos fundadores da banda de rock progressivo criada em 1967, em Blackpool, na Inglaterra, com Ian Anderson, como vocalista e flautista. O baixista gravou os três primeiros álbuns do Jethro Tull. “This Was”, “Stand Up” e “Benefit”.

“É com grande tristeza que soubemos hoje do falecimento de Gleen Cornick, baixista do início da banda, de 1968 a 1970”, escreveu Ian Anderson, em nota no site oficial da banda.

“Glenn era um homem de grande cordialidade e pronto para fazer amizade com qualquer um –especialmente músicos. Sempre alegre, ele trouxe para as performances da fase inicial do Tull uma intrepidez animada, como sua personalidade e música. Durante muitos anos, desde então, Glenn continuou a tocar em várias bandas e era convidado habitual em convenções de fãs do Tull, onde ia participar com entusiasmo para reviver os momentos musicais do repertório inicial.”

A banda, que já ostentou mais de 25 membros, entre muitas formações, teve Cornick como um dos mais memoráveis e impactantes que passaram por ela. Sua marca definitiva ficou em canções como “Teacher” e "Song for Jeffrey" (eternizada no especial dos Rolling Stones, "Rock and Roll Circus"). 

Música