PUBLICIDADE
Topo

Após problemas de saúde, Aretha Franklin aparece mais magra e canta Adele

Do UOL, em São Paulo

30/09/2014 08h49

Ícone do soul, Aretha Franklin causou alvoroço ao divulgar na segunda-feira sua versão para “Rolling in the Deep”, da britânica Adele. Horas mais tarde, após liberar o single, a cantora se apresentou ao vivo com a canção, no programa “Late Show”, e surpreendeu a todos com o vozeirão e com uma silhueta mais magra.

Aos 72 anos, Aretha apareceu de vestido longo e foi aplaudida de pé, após emendar “Ain’t no Mountain High Enough”, de Marvin Gaye e Tammi Terrell.

Figura de destaque na música popular durante os anos 1960 e 1970, com uma longa sequência de sucessos como "Respect" e "Chain of Fools", Aretha foi forçada a cancelar uma turnê em 2010 para se submeter a uma cirurgia por um problema de saúde não revelado. Em 2013, ela voltou a cancelar apresentações


Retorno
Sucessor de “Arteha: A Woman Falling in Love”, de 2011, “Aretha Franklin Sings the Great Diva Classics” será lançado no dia 21 de outubro e marca o retorno da cantora após os problemas de saúde.

A canção que fez a fama de Adele é a mais recente regravada no disco. Clássicos como "I Will Survive", de Gloria Gaynor , "People", de Barbra Streisand, "Midnight Train to Georgia", de Gladys Knight,  “At Last”, de Etta James, "You Keep 'Me hangin On ", do  The Supremes, também estão no álbum.

"Nothing Compares 2 U", de Sinead O'Connor, "I’m Every Woman", de sua afilhada Whitney Houston, são outros destaques.

Alguns blogs e sites de músicas apostam que a gravação de “Rolling in the Deep” vai render um dueto com Adele e Aretha no próximo prêmio Grammy.