Topo

Música


Fundador do grupo Manhattan Transfer morre aos 72 anos

Tim Hauser (esq) foi vítima de uma parada cardíaca. Na foto, ele aparece com Solomon Burke e Alan Paul, que é seu colega de grupo - Frederick M. Brown/Getty Images
Tim Hauser (esq) foi vítima de uma parada cardíaca. Na foto, ele aparece com Solomon Burke e Alan Paul, que é seu colega de grupo Imagem: Frederick M. Brown/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

18/10/2014 10h03

Vocalista e fundador do grupo The Manhattan Transfer, Tim Hauser morreu na última quinta-feira (16), aos 72 anos. Segundo informações da agência Associated Press, ele foi vítima de uma parada cardíaca.

Os membros restantes do quarteto – Alan Paul, Janis Siegel e Cheryl Bentyne – lamentaram a morte de Hauser em um comunicado oficial: “Tim foi o visionário por trás do The Manhattan Transfer. É incompreensível pensar neste mundo sem ele”.

Hauser fundou o Manhattan Trasnfer em 1969, com Erin Dickins, Marty Nelson, Gene Pistilli e Pat Rosali. Anos depois, porém, o grupo se separou. Em 1973, veio a segunda formação dele, com Alan Paul, Janis Siegel e Laurel Masse, que foi substituída em 1978 por Cheryl Bentyne.

O grupo foi reconhecido pela crítica e ganhou vários prêmios Grammy. Só “Vocalese”, um dos álbuns mais importantes da carreira do quarteto, recebeu 12 indicações ao prêmio em 1986.

Hauser deixa a mulher, Barb Sennet Hauser, e dois filhos: Basie e Lily. O Manhattan Transfer dará continuidade a sua turnê atual, apesar da morte do músico. O próximo show do grupo acontece no dia 23 de outubro, em Manchester, no estado norte-americano de New Hampshire. 

Música