Topo

Música


Morre Acker Bilk, clarinetista conhecido por "Strangers on the Shore"

O clarinetista Acker Bilk com condecoração ganhada por sua interpretação de "Stranger on the Shore" - John Stillwell/AP
O clarinetista Acker Bilk com condecoração ganhada por sua interpretação de "Stranger on the Shore" Imagem: John Stillwell/AP

Do UOL, em São Paulo

03/11/2014 11h37

Acker Bilk, clarinetista que foi uma das figuras mais importantes do jazz tradicional durante o século 20, morreu neste domingo (2) aos 85 anos na cidade de Bath, no sul da Inglaterra. As informações são do jornal The Guardian.

Bilk, conhecido por sua música de 1961 "Stranger on the Shore", foi de grande importância ao renascimento do jazz devido ao seu tom e vibrato particulares.

"Ele foi enormemente importante ao movimento do jazz, ele conseguia tocar o clarinete como ninguém, outros músicos podem atestar isso", disse sua empresária Pamela Sutton ao Guardian. "A sua vida era a música e se apresentar. Ele só abandonou quando sua idade não mais permitiu".

A apresentação final do músico fio em agosto de 2013 no Brecon jazz festival, no país de Gales. A causa da morte não foi divulgada. O músico enfrentou anteriormente câncer de garganta e problemas cardíacos.

Música