Topo

Música

Cantor Ben E. King, famoso em 1960 por "Stand By Me", morre aos 76 anos

Theo Wargo/Getty Images
O cantor Ben E. King em imagem de 2012 Imagem: Theo Wargo/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

01/05/2015 10h49

O cantor de soul e R&B norte-americano Ben E. King, famoso na década de 1960 por compor e interpretar o clássico “Stand By Me”, morreu na quinta-feira (30) aos 76 anos de idade, de causas naturais. As informações são da BBC.

A canção, composta também por Jerry Leiber e Mike Stoller, chegou ao top cinco das paradas nos Estados Unidos em 1961 e voltou a ser destaque no mundo da música em 1975, ao ganhar uma regravação de John Lennon, já em sua fase solo, pós-Beatles.

Em 1999, a organização de direitos autorais BMI divulgou que “Stand By Me” foi a quarta faixa mais tocada no rádio e na TV dos EUA durante o século 20. A música chegou nove vezes ao top 100 da Billboard ao longo dos anos – duas vezes com a versão de King e sete com covers de Lennon e Spyder Turner, entre outros.

A versão original de “Stand By Me” voltou às paradas na década de 1980, incluindo três semanas na primeira posição no Reino Unido, quando a canção foi usada em um filme de mesmo nome e anúncios de TV.

King começou a carreira no fim da década de 1950, com o grupo The Drifters, cantando hits como "There Goes My Baby" e "Save The Last Dance For Me". Mas seu grande hit veio mesmo em sua fase solo. Entre 1961 e 1975, o cantor teve seis músicas no top 40 da Billboard nos Estados Unidos.

Outros sucessos do norte-americano foram “Spanish Harlem”, “Don’t Play That Song (You Lied)” – regravado por Aretha Franklin –, “Love", "Seven Letters", "How Can I Forget", "On the Horizon" e "Young Boy Blues".

Nascido em Henderson, Carolina do Norte, em 28 de setembro de 1938, King deixa a mulher, Betty, e três filhos: Terris, Ben Jr. e Angela.