Topo

Música

Com fama de conquistador, Rod Stewart compensa pouca voz com muita dança

José Norberto Flesch

Colaboração para o UOL, de São Paulo

20/09/2015 07h00

Alguém que tem muita história para contar pode ter problema na hora de resumi-la. No caso de Rod Stewart, isso foi resolvido com certa facilidade. Aos 70 anos, o cantor britânico fez uma boa seleção do material que gravou ao longo da carreira e a exibiu em frente a 15 mil pessoas, na noite deste sábado (19), em São Paulo, no Allianz Parque. Para o show, foi usada só uma parte do estádio, configurada como um teatro e com o público sentado.

Stewart fez um set diferente do que mostrou em Curitiba, dois dias antes. Abriu com "Infatuation", hit de sua fase pop dos anos 1980. Ao longo de 1h45 de apresentação, sem bis, o cantor repassou desde a época em que era vocalista do Faces, com 'Stay With Me', do início dos anos 1970, até fase recente, em que gravou repertório alheio.

A voz não alcança mais as notas muito altas, mas não impossibilita que o cantor tenha boa performance. Mais que isso, a idade não o impede de ainda dançar muito no palco, principalmente em coreografias com as vocalistas de apoio,  nem de fazer malabarismos com o pedestal do microfone, uma de suas marcas registradas do passado.

O britânico resgatou também sua fama de conquistador. Encheu o palco de bonitonas na banda de apoio, e deixou os homens, que cuidam da guitarra, baixo e bateria, em segundo plano. Conseguiu até gritos de fãs mais histéricas quando tirou o paletó e, de camisa branca para fora da calça e gravata preta, mandou a balada "Tonight's the Night", um de seus maiores sucessos nos anos 1970.

Ironizou a própria carreira. No início de "Do Ya Think I'm Sexy?" outra dos anos 1980, colocou no telão capa de revista antiga com entrevista em que diz que não se imaginava cantando essa música aos 50 anos. Stewart começou esta canção chutando bolas de futebol autografadas por ele para a plateia. Depois, surgiu com a bandeira do Brasil, como uma espécie de "mea culpa" por ter roubado o refrão de Jorge Ben. A seguir, cantou "Sailing", um clássico de seu repertório dos anos 1970, saiu sem se despedir e não voltou, mesmo tendo avisado a produção que faria o bis, que também deixou de lado em Curitiba.

A impressão final é que o cantor pode ser mais um exemplo de artista que, mesmo sem ter gravado algo relevante nos últimos anos, mostra-se com repertório e performance ainda bons o suficiente para fazer um bom show.

Rock in Rio

Rod Stewart se apresenta no Rock in Rio neste domingo (20). Ele é a principal atração do Palco Mundo, que tem ainda Elton John, Seal e Paralamas. O show tem início marcado para às 23h59, e tem transmissão ao vivo no canal Multishow. A Globo também mostra, no início de sua programação da madrugada de domingo para segunda. 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!