PUBLICIDADE
Topo

Daniela Mercury lança clipe para campanha da ONU pelos direitos dos LGBTI

Do UOL, em São Paulo*

20/11/2015 19h01

A cantora Daniela Mercury divulgou nesta sexta (20) um videoclipe para a música "Maria Casaria", como parte da campanha “Livres & Iguais”, da ONU (Organização das Nações Unidas), em prol da igualdade de direitos para os homossexuais.

Lançado em Nova York, em um evento que discute o avanço dos diretos da comunidade LGBTI (lésbicas, gays, bissexuais, pessoas trans e intersex) na América Latina, o vídeo traz imagens da cerimônia de casamento da cantora e a companheira, a jornalista Malu Verçosa, celebrada em 2013.

Nesta sexta, as duas posaram para foto com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, na sede da ONU. Recentemente, elas ganharam da organização o título simbólico de "campeãs da igualdade".

"Deus não é homofóbico", disse a cantora durante o evento."Ele me fez como sou, e me sinto privilegiada por tudo o que sou, e ser homossexual não me torna uma pessoa pior, mas mais interessante."

Apesar de o coletivo LGBTI ter alcançado grandes conquistas nos últimos anos em diferentes países ocidentais, a violação dos direitos humanos dos integrantes continua sendo uma matéria pendente na maioria de países latino-americanos.

"Todos somos uma obra de arte única, o chato é que todos sejamos o mesmo. Queremos direitos iguais, mas não queremos ser iguais", declarou a cantora.

Daniela Mercury também expressou sua rejeição a diferenciar os homens das mulheres e afirmou que nem uns nem outros são "diferentes nem opostos, mas simplesmente pessoas".

Já Malu Verçosa lembrou que a homossexualidade "sempre esteve presente na história da humanidade" e pediu que a sociedade "se preocupe mais" com a violência e discriminação que existem no mundo e não com "quem cada um ama".

Baseada em um poema escrito por Daniela Mercury para Malu, a música "Maria Casaria" estará no próximo álbum da cantora, "Vinil Virtual", que será lançado na próxima sexta (27).

Esta semana, Daniela já havia divulgado a foto de capa do álbum, em que aparece nua e abraçada à esposa, recriando a clássica imagem de John Lennon e Yoko Ono publicada na revista "Rolling Stone".

*Com informações da agência Efe, em Nova York