Topo

Música


1% tímido na vida, Wesley Safadão é 99% trabalho dentro e fora do palco

Ligia Gauri e Luiz Gomes

Do UOL, em São Paulo

2016-01-25T15:08:06

25/01/2016 15h08

Quem vê Wesley Safadão cantando com desenvoltura e comandando um show agitado para 5.000 pessoas pode não acreditar que um dos cantores de maior sucesso atualmente no Brasil é um homem tímido. Fora dos palcos, o cearense usa frases curtas e tem um sorriso contido, bem diferente do astro que canta “Mas aquele 1% é vagabundo, safado e elas gostam”.

No show na noite deste domingo (24), no CTN (Centro de Tradições Nordestinas), em comemoração ao aniversário de 462 anos da cidade de São Paulo, Safadão mais uma vez fez a festa com fãs apaixonados e animados. Sem timidez no palco, o cantor dançou arrocha, rebolou até o chão, arrancou muitos gritos e colocou o público para cantar sem parar.

O repertório de Wesley no show, que durou cerca de 1h45, teve uma série de hits, como “Camarote”, “Aquele 1%”, “Segunda Opção” e “Sou Ciumento Mesmo”. Ele também cantou ”A Dama e o Vagabundo”, música lançada há menos de duas semanas. A faixa já tem mais de 1,9 milhão de visualizações no YouTube e está na ponta da língua dos fãs.

Além de forró e sertanejo (que com o cantor vira um “forrónejo”), Safadão cantou outros ritmos, como axé e funk. “Farra, Pinga e Foguete”, da dupla Bruno e Barreto, “Metralhadora”, da Banda Vingadora, “Morto Muito Louco”, do Bonde do Tigrão, e “Ela Quer Pau”, de MC Pikachu, foram alguns sucessos lembrados por ele.

Entre um hit e outro, Safadão vira conselheiro amoroso. “Pra você que está solteiro, terminou com o namorado, posta uma foto no Facebook para ele ver e coloca a hastag Vai Safadão”, disse o cantor. Com o seu carisma, ele também filosofa: “todo relacionamento começa com Jorge e Mateus, termina com Pablo e volta com Safadão”.

Nos bastidores

Quem assiste ao show de Wesley Safadão talvez não imagine o trabalho para organizar tudo nos bastidores. A equipe do cantor tem mais de cem pessoas que trabalham para agendar shows, viagens, cuidar do visual dele e da segurança. No palco, ele se apresenta com nove integrantes da banda e dois cantores que fazem a segunda voz.

O segurança Falker barra as fãs mais empolgadas há seis anos e diz não se importar com o assédio. “Isso aqui para mim não é nada. Faço meu trabalho”, explica. Já João Lemos, conhecido pelos fãs como Odete, cuida do cabelo e da maquiagem do cantor e contou sobre a origem do estiloso penteado do artista. “Estávamos atrasados para um show e não deu tempo de preparar o cabelo. Ele me disse, faz um coque ai João, e tudo começou assim”, revela.

O cantor tem uma equipe com profissionais de todo o Brasil, principalmente do Nordeste. Falker, por exemplo, é da Paraíba, e João, de Pernambuco, mas os dois têm casa em Fortaleza, onde Safadão mora. Mesmo nos momentos mais tumultuados no camarim, todos são pacientes com os fãs e com a imprensa.

Safadão sem limites

Homenageado pela direção do CTN, Safadão retribuiu o carinho do público paulista, mas enalteceu os nordestinos. “Tem gente que pode estar me conhecendo agora, mas no Nordeste sou conhecido há muito tempo. Tudo que tenho agora devo a eles”.

O cantor cearense não parece acomodado com o sucesso e quer ficar ainda mais famoso pelo Brasil. Hoje, boa parte dos seus shows já são no Sudeste e Centro-Oeste, e ele chega a fazer 25 apresentações em média por mês, com um cachê estimado em até R$ 500 mil (valor menor só que o de Roberto Carlos). No período de festas juninas, podem ser até 40 shows, muitas vezes mais de um por dia.

Neste Carnaval, Safadão fará duas apresentações e dois blocos no circuito Omar (Barra-Ondina). Como hit da folia deste ano, ele aposta em “Aquele 1%” e “Camarote”, e destaca a “Metralhadora”. “Vamos ter shows em todo o Brasil”, contou.

E não é apenas no país que ele deseja ganhar mais fãs; Safadão parece disposto a dominar o mundo. Nos dias 26, 27 e 28 de fevereiro, ele fará três shows nos Estados Unidos, sua primeira turnê internacional.

Além da carreira de sucesso, Wesley Safadão virou um homem de destaque na internet. Ele tem conta em todas as grandes redes sociais e o próprio cuida da sua conta no aplicativo Snapchat, que o ajuda a ficar mais próximo dos fãs. O cantor também atingiu neste domingo 4 milhões de seguidores no Instagram e é alvo de montagens que viram memes e bombam na web. Afinal, quem poderá deter o Safadão?