PUBLICIDADE
Topo

Fãs de Eminem dominam a fila do 1º dia de Lollapalooza, vindos até da China

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

12/03/2016 11h19

Fãs de Eminem dominaram a fila do Lollapalooza Brasil 2016 neste sábado (12). Quase todos que ocupavam os primeiros lugares estavam ali para assistir ao show do rapper, alguns vindos de muito longe.

Além de fãs brasileiros do rapper, o que se viu na fila foram muitos estrangeiros que vieram ao país só para ver o show de Eminem. Foi o caso dos amigos chineses de Xangai, Ye Wenhai, 27, e Dai Yun Fei, 28. Após 34 horas de viagem, eles vieram direto para a fila, onde chegaram às 11h de sexta-feira.

“O Eminem mudou a minha vida”, disse Wenhai em inglês fluente. “Nossa história de vida é parecida com a do Eminem, pois tivemos um relacionamento difícil com os nossos pais na infância”, completou. Os dois vão aproveitar a viagem para passar 15 dias no país e visitar Manaus, Foz do Iguaçu e Rio de Janeiro.

“Somos fãs do Eminem há 16 anos”, explicou Fei. “Tentamos ver shows do Eminem no Japão e nos Estados Unidos, mas não conseguimos. Desta vez, não poderíamos perder a oportunidade”, explicou. “Vamos ficar na grade até o show dele começar”.

Ao lado dos chineses, dividindo o primeiro lugar da fila, estava o francês Alexis Mercier, 19, que não falava absolutamente nada de português nem de inglês. “Cheguei na fila na quinta-feira, às 19h. Esta é a minha primeira vez no Brasil. Vim sozinho só para ver o show. Sou muito fã”, disse, em francês.

Mercier contou que viaja o mundo atrás do rapper e no dia 22 de março embarca para o Chile, onde pretende assistir à apresentação de Eminem. No Brasil, será o quinto show que ele assiste do rapper. As outras vezes foram em 2013 (na França e na Bélgica) e em 2014 (duas vezes em Londres).

Mas o primeiro da fila mesmo era o rapper curitibano Rogério Insano, 20, e a namorada Giovanna Souza, 15, que chegaram junto com os amigos de São Paulo Bruno Melo, 21, e Rebeca Silva, 17. “Estamos aqui desde às 16h de quinta-feira. Dormimos em barracas e enfrentamos esse dilúvio que caiu em São Paulo nos últimos dias”, disse Rogério.

Os amigos vieram para o Lolla só para ver o rapper. “Não estamos interessados nas outras atrações. Não é o nosso estilo musical”, completou Bruno.

A última vez que Eminem esteve no Brasil foi em 2010 e, desde então, os fãs pediam para o músico, por meio das redes sociais, que ele voltasse ao país.

Trânsito e entrada

Até as 11h, o trânsito nos arredores do autódromo estava fluindo bem. A avenida Teotônio Vilela, que é por onde os fãs vão entrar, foi fechada para o trânsito, que fluía pela avenida Interlagos. A retirada e a compra de ingressos pode ser feita apenas por um portão, também na Teotônio Vilela, porém a fila não estava grande, com cerca de 200 pessoas aguardando a abertura.

Os portões para a entrada dos fãs foram abertos às 11h06, poucos minutos depois do horário programado, às 11h, sem confusões ou problemas.