Topo

Música


Após processar Led Zeppelin por plágio, advogado pede US$ 1 como acordo

Do UOL, em São Paulo

2016-04-27T10:27:22

27/04/2016 10h27

A introdução de um dos clássicos do rock estará em disputa em breve na Justiça. O vocalista do Led Zeppelin, Robert Plant, e o guitarrista da banda, Jimmy Page, terão que enfrentar um tribunal do júri para determinar se se eles roubaram os acordes iniciais de "Stairway to Heaven" de  uma canção chamada "Taurus", da banda Spirit.

O julgamento está previsto para 10 de maio, mas os remanescentes do Led Zeppelin podem evitar a dor de cabeça com um acordo humilde.

Michael Skidmore, representante de Randy Califórnia, guitarrista do grupo Spirit e compositor de "Taurus" (morto em 1997), afirmou que o acordo pode ser fechado pelo simbólico valor de US$ 1. "Isto sempre foi sobre o crédito [da canção], onde o crédito é devido", afirmou.
 

Ouça as duas músicas no UOL Música Deezer e compare:

"Stairway to Heaven" - Led Zeppelin

"Taurus" - Spirit

 

De acordo com a "Bloomberg News", a oferta de US$ 1 não é uma jogada inocente. Por menor que seja, o acordo serviria como crédito para Randy California, com foco nos lucros futuros da canção.

Em 2008, Page e Plant cederam os direitos de "Stairway to Heaven" a Warner/Chappell Music a US$ 60 milhões por 10 anos. Os advogados de California estão de olho justamente no milionário contrato, mais precisamente dois terços do montante. Eles defendem que o valor seria aplicado em um curso de música para alunos de baixa renda, na Califórnia.

O processo contra Page e Plant começou em 2014. Segundo Skidmore, o guitarrista do Led Zeppelin pode ter sido inspirado a escrever "Stairway" depois de escutar o Spirit tocar "Taurus" durante uma turnê conjunta em 1968 e 1969.

Os britânicos defendem que qualquer similaridade entre as canções deve-se a uma estrutura musical existente há séculos.