Topo

Música


Sertanejo Renan Ribeiro, do The Voice Brasil, morre em acidente aos 26 anos

Do UOL, em São Paulo

30/05/2016 08h45Atualizada em 30/05/2016 13h44

O cantor sertanejo Renan Ribeiro, revelação no programa The Voice Brasil, morreu em um acidente de carro na noite de domingo (29), na região de Mogi-Mirim (SP), aos 26 anos. Renan foi semifinalista do programa em 2015 e um dos participantes mais populares do reality da TV Globo.

A Polícia Rodoviária de São Paulo confirmou ao UOL, o cantor dirigia sozinho uma caminhonete Nissan Frontier na Rodovia Engenheiro João Tosello (SP-147), quando colidiu na transversal com uma carreta por volta das 22h50. A força do impacto fez com que o veículo capotasse muitas vezes na pista. Renan morreu no local, na altura do KM 71, antes da chegada do socorro. O motorista da carreta passa bem. 

O velório de Renan Ribeiro será realizado no Cemitério Municipal de Conchal, cidade onde vivia, a partir das 11h.

29.mai.2016 - Frente da carreta mostra a força do impacto que matou o cantor Renan Ribeiro - Reprodução EPTV
29.mai.2016 - Frente da carreta mostra a força do impacto que matou o cantor Renan Ribeiro
Imagem: Reprodução EPTV


Em suas últimas postagens nas redes sociais, o cantor agradeceu aos fãs pela marca de 100 mil visualizações do clipe da música “ Em suas últimas postagens nas redes sociais, o cantor agradeceu aos fãs pela marca de 100 mil visualizações do clipe da música “Nhe Nhe Nhé”, seu primeiro sucesso após o programa, gravada com a dupla Bruno e Barreto. “Não tenho palavras para agradecer. Meu muito obrigado. Amo cada um de vocês que me segue e prestigia o meu trabalho.”

O cantor se preparava para lançar o novo single nesta segunda-feira, uma regravação de “Gatinha Manhosa”, sucesso de Léo Jaime nos anos 1980.

Fã de Cristiano Araújo

Renan nasceu em Araras, no interior de São Paulo, mas morava em Conchal, cidade próxima da região do acidente. Com a carreira estabelecida na região, ele decidiu entrar na quarta temporada do "The Voice Brasil" e foi logo aceito no time de Michel Teló. Foi até à semifinal, mas perdeu a chance de disputar a final com Renato Vianna, campeão da edição.

Vianna ficou sabendo da notícia pela manhã. “Coração partido, Recebi a notícia que o Renan Ribeiro, que participou junto comigo no The Voice acabou morrendo em um acidente de carro nessa madrugada. Meus sentimentos a família desse guerreiro. Descanse em paz irmão", escreveu nas redes sociais, onde o nome de Renan é 

Em seus shows, Renan costumava cantar músicas de Cristiano Araújo, morto em um acidente de carro em junho de 2015, do qual era fã. No "The Voice", chegou a reverenciar o ídolo cantando o sucesso "Maus Bocados". Logo, os internautas também passaram a ver uma semelhança física entre os sertanejos.

Renan e Teló se apresentaram juntos também fora do reality show. A última vez que cantaram "Maus Bocados" juntos foi em um show em Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo. 

Em seu Facebook, o apresentador do "The Voice", Tiago Leifert, contou como eram suas conversas com Renan durante o programa. "Conversamos muito sobre os perigos da estrada e a morte do Cristiano Araújo, de quem Renan era muito fã. Ele cantou músicas do Cristiano no programa, e muita gente via ali um "herdeiro", uma nova voz sertaneja, com carisma e muita, muita vontade de trabalhar. Meu coração está com a família do Renan, que lutou com tudo que tinha (e até o dinheiro que não tinha) para que ele se transformasse no grande cantor que a gente conheceu". 
 

 

Artistas lamentam
O cantor César Menotti lamentou a notícia da morte prematura de Renan. “Meu Deus, nem dá pra acreditar. Que Deus conforte a família do Renan Ribeiro, esse irmão de estrada que infelizmente perdeu a vida em um acidente de carro”

Nando Vianna, um dos participantes do "The Voice Brasil" relembrou como era o convívio com Renan durante as gravações. "Lembrei no dia em que sai do programa e as palavras dele para mim foram como conforto dizendo 'Ei para de chorar ainda não acabou pra você, é só o começo de tudo'. Naquele momento foi como um bálsamo, embora nos últimos meses não tenhamos tido tanto contato, apenas pelos grupos de WhatsApp ele sempre permaneceu humilde."