PUBLICIDADE
Topo

Ex-"The Voice" morre após ser baleada durante show nos Estados Unidos

Do UOL, em São Paulo*

11/06/2016 03h55Atualizada em 12/06/2016 15h43

A cantora Christina Grimmie, que ficou conhecida após participar da sexta temporada do “The Voice” americano, morreu após ser baleada durante um show na noite desta sexta-feira (10), em Orlando, na Flórida.

"É com o coração pesado que confirmamos que Christina morreu e voltou para a casa com Deus", disse sua assessora Heather Weiss em um comunicado oficial ao site. "Pedimos neste momento que você respeitar a privacidade de sua família e amigos em seu tempo de luto. "

A polícia de Orlando, nos Estados Unidos, divulgou identidade e foto do rapaz que matou Christina Grimmie no início da tarde deste sábado (11). Kevin James Loibl, de 27 anos, atirou na ex-participante do "The Voice" enquanto ela distribuía autógrafos após um show na cidade americana. Grimmie não resistiu aos ferimentos e morreu aos 22 anos. 

$escape.getH()uolbr_geraModulos('embed-foto','/2016/adam-levine-publicou-uma-foto-com-christina-lamentando-o-tiroteiro-1465631223184.vm' )Ainda segundo a polícia, Christina foi baleada em torno de 22h45 hora local (23h45 de Brasília) na casa de espetáculos The Plaza Live em Orlando, no Estado americano da Flórida. O atirador entrou no local do show –  sem detector de metais na entrada  – com duas armas de fogo, munição e uma faca.  Ele abriu fogo enquanto Christina dava autógrafos a fãs junto com a banda Before You Exit, com quem havia se apresentado. A porta-voz do Departamento de Polícia de Orlando, Wanda Miglio, disse que o irmão de Christina "imediatamente abordou o suspeito".

"Durante a luta, o suspeito atirou contra si mesmo. O suspeito foi declarado morto na cena do crime", disse a porta-voz. Ela descreveu o irmão de Christina como um "herói" ao impedir que o agressor "ferisse outras pessoas". A polícia está investigando como o suspeito conseguiu entrar no local com armas.
 

O irmão mais velho de Christina Grimmie, Marcus, usou seu perfil no Facebook para falar sobre a trágica morte da irmã. "Christina era mais do que a minha irmã. Ela era uma parceira na vida. Uma superstar. Divertida, introvertida e uma amiga para todos. Genuína. Mas, acima de tudo, ela era minha irmã. Ela amava o Senhor e sua família e estava sempre lá para mim. Eu honestamente não sei o que farei sem ela”, escreveu.

A cantora fez parte do time de Adam Levine na temporada de 2014 e ficou em terceiro lugar na atração. Adam Levine fez uma postagem assim que soube do tiroteio. "Estou triste, chocado e confuso. Nós te amamos tanto Grimmie. Estamos todos rezando para que você sobreviva a esse momento difícil, isso não é justo".

 
Demi Lovato também tinha pedido orações para seus fãs e lamentou a morte precoce da cantora. "Descanse em paz Christina, meus pensamentos e orações estão com seus entes queridos".

 

Notícias sobre o ataque se espalharam rapidamente nas redes sociais, com muitos fãs expressando choque e raiva. Christina ganhou notoriedade ainda adolescente ao interpretar músicas famosas, ganhando uma legião de fãs no YouTube.

 
Em 2011, ela lançou seu primeiro álbum comercial, intitulado "Find Me". Seu segundo disco – "Side A" – chegou às lojas em fevereiro deste ano.
 
Em seu último tuíte, na sexta-feira, ela escreveu: "Orlando!! Venham para o show hoje à noite no Plaza Live! Começa às 7h30".
 
*Com informações da BBC