Topo

Música


"Vou lançar para o mundo todo", diz Claudia Leitte sobre projeto com Jay-Z

Thiago Duran/AgNews
A cantora Claudia Leitte, que se prepara para se lançar em carreira internacional Imagem: Thiago Duran/AgNews

Felipe Abílio

Do UOL, em São Paulo

2016-07-26T20:41:25

26/07/2016 20h41

“Morando em um avião”. Assim Claudia Leitte define sua atual rotina de pontes aéreas desde que se fixou em Los Angeles. Nos Estados Unidos, ela prepara um álbum que será lançado pela gravadora Roc Nation, do rapper Jay-Z. Sob supervisão do "rei" do hip hop americano, a cantora se prepara para ser "apresentada" de vez ao mercado mundial.

“Estou produzindo com artistas e produtores gringos. Sei que as pessoas precisam colocar um rótulo, então posso dizer que a carreira internacional está rolando", contou a Claudia no lançamento da nova agência do empresário capixaba Marcus Buaiz, nesta terça-feira (26), em São Paulo.

"Vou lançar uma música para o mundo todo, quero fazer isso. Vou retomar minha agenda de trabalho em setembro efetivamente e começo o lançamento desse projeto. [Essa fase] já começou com “Corazón”, que era em espanhol e também vou começar a trabalhar “Shiver Down My Spine”, porque só tive tempo agora.”

Investindo no pop, Claudia afirma que não perdeu suas raízes e pretende conquistar o mundo com sua mistura.

“Estou gravando um álbum com músicas em português e inglês, o single [ainda não escolhido] tem que ser a melhor música do disco. Independentemente de ser em inglês ou português, o ritmo é pop. Na verdade é uma música popular que tem axé e todas as minhas influências", afirmou Claudia Leitte.

"Amo o axé, que também é pop, mas quando você precisa se enquadrar numa categoria para o iTunes, por exemplo, eu e os artistas todos da Bahia estamos classificados como pop.”

Pronta para voltar

Com 12 anos de carreira desde o grupo Babado Novo sete deles em voo solo, Claudia conta que sentiu a necessidade de dar um tempo para se “curtir” como artista para este projeto.

“Nunca tinha parado. Acabava o Carnaval, descansava dez dias e voltava para a chibatada. É a primeira vez que desfruto de um tempo como artista, e não o contrário. Quero me dar esse prazer de compor, de criar, não quero parar de produzir."

"Ao longo desse período, eu me transformei como pessoa. Comecei me inspirando em Etta James e agora estou numa onda Tina Turner pirando.”