Topo

Música


Era cilada? Lady Gaga e Molejo estão juntos em remix de "Perfect Illusion"

Molejo e Lady Gaga - Divulgação/AP
Molejo e Lady Gaga Imagem: Divulgação/AP

Do UOL, em São Paulo

13/09/2016 14h13

Desde que Lady Gaga lançou "Perfect Illusion", na semana passada, muita gente nas redes sociais relacionou a letra do refrão com um clássico da música popular brasileira noventista: "Cilada", do grupo de pagode Molejo. Agora, o DJ e produtor paulista Boss In Drama uniu as duas canções e transformou em um remix com pegada funk.

Enquanto Gaga canta "it wasn't love, it wasn't love / it was a perfect illusion", que na tradução literal diz "não era amor, não era amor, foi uma ilusão perfeita", a música do Molejo tem em seu refrão "não era amor, não era amor, era cilada".

Segundo o serviço de streaming Spotify, houve um crescimento de 102% nas reproduções de "Cilada" entre a última quinta-feira (8) e sábado (10). Na plataforma, "Perfect Ilusion" atingiu 6,8 milhões de reproduções em quatro dias.

Plágio?

"Perfect Illusion", que marca o retorno da artista ao pop após se aventurar pelo jazz, estará no novo álbum de Gaga, previsto para ser lançado ainda este ano. Com mudanças tonais, a melodia chega a lembrar as do pop oitentista, como as de "Papa Don't Preach", de Madonna, especialmente no trecho do refrão. A semelhança com o hit de 1986 movimentou o Twitter, reacendendo uma antiga rivalidade entre os fãs das duas cantoras.

Semelhanças à parte, a letra de "Perfect Illusion" traz uma homenagem de Lady Gaga a um imaginário que ela conhece bem: as festas. "Eu não preciso de olhos para ver / Eu senti você me tocando / Chapada como anfetamina / Talvez você seja apenas um sonho", canta em um trecho.

Ela já havia afirmado que a música é sobre o "ecstasy moderno". "Encontramos uma maneira simples, doce e raivosa de dizer isso. Eu sinto essa adrenalina forte correr em mim toda vez que a ouço", disse.

"Perfect Illusion" é produzida por Gaga, Mark Ronson (o homem por trás do disco "Back to Black", de Amy Winehouse) e Kevin Parker, do Tame Impala. É o primeiro lançamento de estúdio de Lady Gaga em três anos. No disco, ela colaborou com artistas como Florence Welch, Beck, Father John Misty e BloodPop.

Desde 2013, quando lançou "Artpop", Gaga vinha investindo em projetos paralelos, entre eles o álbum de duetos de jazz com Tony Bennett e a atuação na série "American Horror Story", que lhe rendeu um Globo de Ouro de melhor atriz.

Lady Gaga em cena que pode ser do novo clipe - Divulgação/Twitter
Lady Gaga em cena que pode ser do novo clipe
Imagem: Divulgação/Twitter