Topo

Entretenimento

Ídolo teen dos 1960, cantor americano Bobby Vee morre aos 73 anos

Divulgação
Cantor americano Bobby Vee conquistou a fama aos 15 anos Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

24/10/2016 16h12

Um dos primeiros ídolos teen da música, o americano Bobby Vee morreu na manhã desta segunda-feira (24), aos 73 anos. Segundo a BBC, ele sofria de Alzheimer há cinco.




Décadas antes do surgimento de Justin Bieber, Vee estourou em 1959 quando tinha apenas 15 anos. Sua grande estreia, no entanto, só aconteceu por causa de uma tragédia.

Vee cantava em um grupo chamado Shadows in Fargo quando Buddy Holly, Ritchie Valens e Big Bopper morreram em um acidente de avião, a caminho de um show em Moorhead, Minnesota. Os promotores do show então chamaram Vee e sua banda no último minuto para substituir Holly.

AP Photo/Jeff Baenen
Bobby Vee toca sua guitarra em 2013 Imagem: AP Photo/Jeff Baenen
O desempenho do jovem no palco foi um sucesso e, no mesmo ano, ele emplacou o primeiro hit, “Suzie Baby", escrita em resposta a "Peggy Sue", de Holly.

 Com pouca idade, Vee se tornou o grande ídolo teen nos Estados Unidos, antes dos Beatles invadir o país, em 1964. Participou de filmes e imortalizou o início dos anos 1960 com as baladas “Rubber Ball” e “Take Good Care Of My Baby”, sucesso escrito por Carole King e Gerry Goffin.

Até mesmo Bob Dylan, hoje vencedor do Prêmio Nobel de Literatura, se aventurou na banda de turnê do cantor, antes de encontrar a fama por conta própria. Dylan, mais tarde, chamaria Vee de "a pessoa mais significativa com quem já estive no palco".

Bobby Vee manteve turnês e gravações até o diagnóstico de seu Alzheimer, em 2011.

Mais Entretenimento