Topo

Entretenimento

Fãs provam fidelidade a Joelma em gravação de DVD: "É a Madonna brasileira"

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

10/11/2016 19h00

Nem a chuva forte que atingiu São Paulo, nem o atraso de três horas, nem a distância. Nada desanimou os fãs de Joelma que acompanharam a gravação do primeiro DVD solo da vocalista da extinta banda Calypso. O público fiel já formava filas em frente à casa de shows Coração Sertanejo, na zona sul da capital, desde a manhã da última quarta-feira (9). Só veriam Joelma no palco no primeiro minuto da quinta-feira (10).

Boa parte das cerca de 2.000 pessoas que acompanharam o show de gravação do DVD "Avante" não era de São Paulo. De avião, ônibus, ou vans, o público veio de todas as partes do país. Difícil era encontrar alguém da própria capital na fila à espera de Joelma. Um grupo de 14 rapazes de várias partes do interior de SP animava a multidão cantando e fazendo coreografia dos últimos sucessos da diva.

"Joelma é a Madonna brasileira", ousou dizer Jean Carvalho, de 28 anos, que veio de São Roque (SP). "É a rainha dos gays", gritou outro fã de longe, empolgado. Iago Rodrigues, de Sumaré (SP), se disse "fã desde o útero da minha mãe". Se levada ao pé da letra, a declaração apaixonada não se sustenta, já que Joelma acumula 17 anos de carreira desde sua estreia com a Calypso e Iago tem 20.

Lucas Lima/UOL
9.nov.2016 - Léia Alexandrino (à direita) levou bandeira gay para a gravação do primeiro DVD da carreira solo de Joelma. Ela estava acompanhada da amiga Anny Mendes Imagem: Lucas Lima/UOL

Carlos Roberto Vieira, do município de Cesário Lange (SP), contou que perdeu o emprego para vir a São Paulo assistir ao momento histórico de sua musa. O jovem de 20 anos trabalhava em um comércio varejista. Ele também estava no grupo de fãs do interior liderados por Paulo Ricardo de Oliveira, 24 anos, de Pereiras (SP), batizado em homenagem a um ídolo de outro ritmo e outra década. 

Apesar de estar em menor número, o público feminino também marcou presença. Léia Alexandrino, de Santos (SP), circulava na área externa da casa de shows enrolada em uma bandeira do movimento gay. A jovem de 25 anos estava acompanhada de Anny Mendes, 23, uma espécie de cover de Joelma mineira. De bota, maquiagem caprichada e longos cabelos loiros, a jovem de Coromandel (MG) contou que se inspirou no visual da cantora para a data especial.

Lucas Lima/UOL
Nonato Fernandes: salto alto para dançar ao som de Joelma Imagem: Lucas Lima/UOL

Quem também se inspirou no visual de Joelma foi o fã Nonato Fernandes. O maranhense de 45 anos, que vive em São Paulo há 25, escolheu propositalmente uma bota de cano longo e salto alto para copiar as coreografias de Joelma. Ele, que calça 42, só encontrou um calçado número 40 para a gravação do DVD.

"Meu pé está apertado, mas a bota laceia. Eu adoro salto, sempre gostei de salto. Aprendi no instinto. Calcei a bota e saí rodando. Se eu dançar a noite inteira com uma bota dessa ela arrebenta, aí já mando fazer outra", diz o cabeleireiro, que costuma comprar os seus sapatos em uma loja especial na rua Augusta, região central de São Paulo. Para completar o look, calça justa e blusinha transparente.

DVD "Avante"

Lucas Lima/UOL
Acompanhada de quatro dançarinos, Joelma bateu muito cabelo na gravação do DVD Imagem: Lucas Lima/UOL

Joelma gravou o primeiro DVD de sua carreira solo na madrugada desta quinta-feira (10), em São Paulo. Assim como faz em seus shows, a cantora subiu ao palco ao som de "Força Estranha", de Caetano Veloso, pontualmente à 0h. A produção envolveu pirotecnia e projeções em 3D.

No repertório, quase todas as músicas de seu primeiro disco solo, lançado há seis meses. Um bloco todo do show foi dedicado aos sucessos da banda Calypso, com seis faixas, entre elas a clássica "Dançando Calypso". Joelma também apresentou duas músicas em espanhol, "Te Quiero" e "Pa'lante".

Mas o ponto alto da noite ficou por conta das participações especiais. Ao lado de Ivete Sangalo, Joelma cantou a inédita "Amor Novo". A letra é um desabafo entre amigas sobre um cara que não sai do pé. As cantoras repetiram a faixa cinco vezes para garantir a versão final perfeita no DVD. Entre uma pausa e outra, Joelma ajudou Ivete a arrumar o vestido e foi maquiada no palco.

Lucas Lima/UOL
10.nov.2016 - Joelma arruma vestido de Ivete Sangalo, que participou do DVD Imagem: Lucas Lima/UOL

As outras participações ficaram por conta de Solange Almeida e dos três filhos da cantora paraense. A vocalista do Aviões do Forró cantou "Mulher Não Chora", do recém-lançado EP "Amor Delicado". Joelma repetiu a parceria do CD e cantou a balada "O Amor de Deus" ao lado de seus 3 filhos: Natalia Sarraff, Yago e Yasmin.

A apresentação só acabou às 4h30 da manhã, com uma versão remix de "Não Teve Amor", faixa que lançou a cantora na carreira solo. O DVD ainda não tem data de lançamento confirmada, mas a promessa é de que saia ainda neste ano. O público, que já havia esgotado as entradas para a gravação em uma semana, seguiu animado e fiel até o final.

Mais Entretenimento