PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Cantora Tati Quebra Barraco acusa PM de matar seu filho

Tati Quebra Barraco - Divulgação
Tati Quebra Barraco Imagem: Divulgação

11/12/2016 10h29

Um dos filhos da cantora de funk Tati Quebra Barraco foi morto a tiros na madrugada deste domingo (11) na Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Em suas redes sociais, a artista acusou a Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro de ser responsável pela morte. “A PM tirou um pedaço de mim que jamais será preenchido. A PM matou o meu filho. Essa dor nunca irá se cicatrizar”, escreveu Tati. A cantora já está com a família no Rio de Janeiro e suspendeu a agenda de shows dos próximos dias.

Yuri Lourenço da Silva, de 19 anos, foi baleado no início desta madrugada. Em nota, o comando da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Cidade de Deus afirmou que os policiais faziam uma operação de patrulhamento na rua Quintanilha quando foram recebidos a tiros por criminosos.

Yuri e Jean Rodrigues de Jesus, de 22 anos, foram levados para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, mas não resistiram aos ferimentos.

Ainda de acordo com a polícia, uma pistola, dois rádios transmissores e drogas foram apreendidos no local do confronto. A Divisão de Homicídios (DH) está investigando a morte dos dois jovens.

Notícia durante show

Tati contou que foi informada da morte do filho durante uma apresentação em Belo Horizonte (MG). "Como deve ser pra você receber uma mensagem, ligação em meio ao show dizendo que seu filho está morto?", questionou a cantora no relato.

Tati Quebra Barraco com o filho Yuri - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Tati Quebra Barraco com o filho Yuri
Imagem: Reprodução/Instagram
"Eu não pude parar o que dei início. Tinha fãs, públicos, o fotógrafo da casa, tinha um contrato assinado. Então tive que terminar o show da boate Eleganza com um sorriso no rosto, sem que ninguém percebesse. Mas não fui forte o tempo todo, desabei!", continuou.

Em seguida, a cantora se dirige ao filho: “Você e seus irmãos sabem o que eu fiz e venho fazendo pra dar o melhor pra vocês. Então foi esse o motivo de você ir na confraternização da sua bisavó sem que percebessemos? Família toda reunida. Estava se despedindo? Meu Deus! Meu Deus!”, escreveu. “Me desculpe se fui uma péssima mãe ou se ensinei da maneira errada, eu só queria o seu melhor.”

Segundo a Folha de S. Paulo, Yuri tinha passagem pela polícia. Ele foi apreendido em flagrante em 2013, depois de roubar um boné, no Rio de Janeiro. Na época, ele foi encaminhado para a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) e respondia a ação em liberdade.

Tati Quebra Barraco é mãe de três de filhos. Além de Yuri, ela tem a caçula Mila, 12, e a primogênita Carol Lourenço, 22. Assim como a mãe, Carol se lançou como cantora e dançarina de funk e hip-hop.


* Com informações do Estadão Conteúdo

Entretenimento